Invest

Ibovespa fecha em alta com inflação nos EUA e Orçamento Federal de 2024

Na última sessão antes do Natal, investidores repercutiram dados dos EUA e orçamento do Brasil para 2024

Fachada da B3 (Gustavo Scatena/Divulgação)

Fachada da B3 (Gustavo Scatena/Divulgação)

Janize Colaço
Janize Colaço

Repórter de Invest

Publicado em 22 de dezembro de 2023 às 10h56.

Última atualização em 22 de dezembro de 2023 às 18h18.

Na última sessão antes do Natal, o Ibovespa fechou em alta. Nesta sexta-feira, 22, os investidores repercutiram dados da inflação dos Estados Unidos, que devem balizar a próxima decisão da política monetária americana — e impactar os mercados globais. No radar político, destaque para a aprovação do Orçamento de 2024 no Congresso Nacional. Entre as empresas, a Eletrobras (ELET6) concluiu uma aquisição e a Sabesp (SBSP3) contratou quatro bancos para coordenar o seu follow on. 

No início do dia, o Departamento do Comércio dos EUA publicou os números do Índice de Preço sobre Consumo Pessoal (PCE, na sigla em inglês) referentes ao mês de novembro. O índice caiu 0,1% no período, enquanto na base anual houve alta de 2,6% — abaixo dos 2,9% contabilizados em outubro. Já o núcleo anualizado do PCE subiu 3,2%, também inferior aos 3,5% contabilizados há um mês. Os números vieram abaixo das expectativas do mercado, que esperavam uma estabilidade na leitura mensal e alta anual de 0,1% no núcleo do indicador.

Na visão de Leandro Ormond, analista da Aware Investments, os dados mostraram uma desaceleração da inflação norte-americana, fazendo com que o mercado aposte em cortes nos juros já no primeiro semestre. “Isso impulsiona um movimento de procura maior por ativos de risco, não só nos EUA, como no Brasil também”, diz. O especialista destaca, ainda, que a aprovação da reforma tributária e a manutenção da meta fiscal para 2024 também contribuíram para o bom desempenho da bolsa brasileira neste final de ano.

Ibovespa hoje

IBOV: +0,43%, aos 132.750 pontos.

De volta ao Brasil, após a Comissão Mista de Orçamento aprovar o relatório sobre o projeto da lei orçamentária para 2024, hoje foi a vez do Congresso. Ao todo, estão previstos R$ 5,5 trilhões em despesas, mas o texto ainda mantém a meta de déficit zero. Agora, o texto segue para sanção presidencial.

Mais um movimento que teve início na véspera e fez preço no Ibovespa hoje foi a aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN) da nova regulamentação para os juros do rotativo do cartão de crédito. Além de terem operado no positivo, os papéis do Itaú (ITUB4) e Santander (SANB11) fecharam com altas de 1,59% e 0,40%, respectivamente. “Isso foi positivo para o setor financeiro, mas para as adquirentes, ou seja, as “maquininhas”, não muda nada. Elas continuam com o caminho livre para fazer a antecipação de recebíveis do parcelado sem juros, que é quase uma condição essencial para que as adquirentes façam a antecipação dos recebíveis para os comerciantes”, explica Larissa Quaresma, analista da Empiricus.  

Entre os destaques corporativos, na última quinta a Eletrobras (ELET6) anunciou a conclusão da aquisição de 51% da participação do FIP Milão nas SPEs Vale do São Bartolomeu (VSB) e Triângulo Mineiro Transmissora (TMT). O montante da operação foi de R$ 574 milhões. No fechamento do pregão, os papéis ELET6 caíram 0,90%.

Outra empresa na mira dos investidores é a Sabesp (SBSP3) que anunciou a contratação de quatro bancos para coordenar o seu follow on, sendo eles: Bank of America, Citi, UBS BB e BTG Pactual (mesmo grupo controlador da EXAME). No final da sessão de hoje, as ações da companhia paulista fecharam com alta de 0,86%.

Maiores altas do Ibovespa

  • Casas Bahia (BHIA3): +5,20%
  • Alpargatas (ALPA4): +4,05%
  • Raízen (RAIZ4): +3,97%

Maiores quedas do Ibovespa

  • IRB (IRBR3): -6,18%
  • Yduqs (YDUQ3): -2,79%
  • Natura (NTCO3): -1,53%

Dólar hoje

O dólar fechou em queda nesta sexta-feira. Hoje, a moeda americana caiu 0,54%, a R$ 4,861. Na quinta, o dólar encerrou o dia com queda de 0,49%, cotado a R$ 4,887.

Como é calculado o índice Bovespa?

Principal índice de ações da bolsa brasileira, a B3, o Ibovespa é calculado em tempo real, baseado na média do desempenho dessa carteira teórica de ativos, cada uma com seu peso na composição do índice. 

Funcionando como um termômetro do desempenho consolidado das principais ações para o mercado, cada ponto do Ibovespa equivale a 1 real. Por isso, se o IBOV está em 100.000 pontos, isso quer dizer que o preço da carteira teórica das ações mais negociadas é de 100.000 reais.

Que horas abre e fecha a bolsa de valores?

O horário de negociação na B3 vai das 10h às 18h. A pré-abertura ocorre entre 9h45 e 10h, enquanto o after-market ocorre entre 18h25 e 18h45. Já as negociações com o Ibovespa futuro ocorrem entre 9h e 17h55.

Confira as últimas notícias de Invest:

Acompanhe tudo sobre:Ibovespabolsas-de-valoresAções

Mais de Invest

Ministério da Justiça realiza leilão de 54 quilos de ouro; veja como participar

5 frases que todo investidor precisa saber

"O mundo está passando por um processo grande de transformação", diz André Leite, CIO da TAG

Existe herança de dívidas? O que acontece se o falecido possuir dívidas?

Mais na Exame