Invest

Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4) puxam Ibovespa pra cima

Mineradora sobe mais de 5% na bolsa acompanhando desempenho do minério de ferro na China

Ibovespa: mercado está de olho em Petrobras (Germano Luders/Exame)

Ibovespa: mercado está de olho em Petrobras (Germano Luders/Exame)

Publicado em 8 de abril de 2024 às 10h27.

Última atualização em 9 de abril de 2024 às 15h29.

O Ibovespa fechou esta segunda-feira, 8, em alta, acompanhando a disparada dos papéis da Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4). A mineradora e a petroleira tem 12% do índice cada uma, e são os papéis de maior peso na carteira teórica do Ibovespa.

Ibovespa hoje

  • IBOV: +1,63%, aos 128.857 pontos

As ações da Vale avançaram 5,5% na esteira da valorização do minério de ferro. Os preços futuros da commodity subiram 3,19% hoje e bateram hoje o valor mais alto desde 26 de março na bolsa de Dalian, na China. A expectativa é que o gigante asiático anuncie novas medidas para fortalecer o setor ligado ao aço. Siderúrgicas brasileiras, como CSN Mineração (CMIN3) e Usiminas (USIM5) ficam entre as maiores altas da bolsa hoje.

  • Usiminas (USIM5): + 5,85%
  • Vale (VALE3): + 5,46%
  • CSN Mineração (CMIN3): + 4,71%

Outro papel de destaque no pregão foi o da Petrobras (PETR4), que fechou em alta na expectativa de um possível anúncio de dividendos adicionais -- e de uma definição sobre quem será o CEO da companhia. Na semana passada, rumores da saída de Jean Paul Prates da estatal e possibilidade de Aloizio Mercadante, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), assumir o cargo, instaurou uma crise na companhia.

Os papéis ampliaram alta no final do pregão após declarações de Fernando Haddad, ministro da Fazenda. Haddad afirmou que a troca de comando da estatal não é da sua alçada e que as discussões sobre a distribuição de dividendos extraordinários estão encaminhadas. Segundo o ministro, o conselho de administração da companhia deve discutir o assunto ainda este mês.

  • Petrobras (PETR3): + 1,43%
  • Petrobras (PETR4): + 1,39%

Na agenda desta semana, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês), um dos principais indicadores econômicos americanos, será divulgado na quinta-feira, 11, além da ata do Fomc (comitê de política monetária dos EUA).

Na Europa, haverá a reunião do Banco Central Europeu (BCE) para decidir o rumo da política monetária por lá — e a expectativa é que as principais taxas de juro de mantenham inalteradas. Por aqui, destaque para a divulgação na quarta-feira, 10, do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Maiores altas do Ibovespa hoje

  • Dexco (DXCO3): +5,85%
  • Usiminas (USIM5): + 5,85%
  • Vale (VALE3): + 5,46%

Maiores baixas do Ibovespa hoje

  • Braskem (BRKM5): -2,84%
  • IRB (IRBR3): - 2,60%
  • Pão de Açúcar (PCAR3): - 2,61%
Acompanhe tudo sobre:Ibovespabolsas-de-valoresAçõesPetrobras

Mais de Invest

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Sem ‘abocanhada’ do leão: analista recomenda 4 ativos de renda fixa que pagam até IPCA + 7,1%

Mais na Exame