Burger King dispara 9% em retorno à bolsa de Nova York

Desde 2010 fora da NYSE, papéis da rede sobem 9% em seu retorno
Burger King volta à bolsa com alta de 9% (Getty Images)
Burger King volta à bolsa com alta de 9% (Getty Images)
L
Lilian SobralPublicado em 20/06/2012 às 11:56.

São Paulo – Fora da bolsa desde o final de 2010, as ações do Burger King (BKW) voltaram hoje para o pregão na bolsa de Nova York (NYSE) e iniciaram o dia com forte alta. Na máxima do pregão, os papéis atingiram a alta de 9,10%, cotados em 15,82 dólares.

A empresa foi à bolsa pela primeira vez em 2006 e saiu do mercado quando os sócios Marcel Telles, Beto Sicupira e Jorge Paulo Lemann, por meio do fundo 3G, compraram o controle da companhia.

Desde março, O Burger King vem se preparando para voltar à bolsa. Em abril, uma participação na empresa foi vendida para a Justice Holdings. William Ackman, cofundador da holding, disse que as ações da rede de fast food poderiam ficar em até 20 dólares no retorno da bolsa.