Invest

Bolsas da Ásia fecham mistas, após CPI forte dos EUA piorar perspectiva de cortes de juros

Índice japonês Nikkei caiu 0,35% em Tóquio, a 39.442,63 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 0,26% em Hong Kong, a 17.095,03 pontos

Bolsas: mercado asiático recua após CPI dos EUA acima das expectativas

Bolsas: mercado asiático recua após CPI dos EUA acima das expectativas

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 11 de abril de 2024 às 06h41.

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quinta-feira, 10, com parte delas pressionadas por temores de que os juros básicos dos EUA fiquem inalterados por mais tempo após dados da inflação americana superarem as expectativas.

O índice japonês Nikkei caiu 0,35% em Tóquio, a 39.442,63 pontos o Hang Seng recuou 0,26% em Hong Kong, a 17.095,03 pontos, e o Taiex registrou baixa marginal de 0,05% em Taiwan, a 20.753,22 pontos.

Na China continental, os mercados ficaram levemente no azul, revertendo perdas de mais cedo no pregão. O Xangai Composto subiu 0,23%, a 3.034,25 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto mostrou ligeira alta de 0,08%, a 1.721,59 pontos.

Já o Kospi ficou perto da estabilidade em Seul, com avanço marginal de 0,06%, a 2.706,96 pontos, após a derrota do partido do presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, nas eleições parlamentares de ontem, que deixaram os mercados financeiros locais fechados. Na esteira da derrota, o primeiro-ministro sul-coreano e integrantes do gabinete de Yoon renunciaram em bloco.

O comportamento misto das bolsas asiáticas veio um dia após os últimos números da inflação ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA, que vieram acima do esperado, deflagrarem apostas de que o Federal Reserve (Fed, banco central do americano) só anunciará seu primeiro corte de juros em setembro, e não mais em junho ou julho, como se especulava até então. Em reação a esse novo cenário, Wall Street sofreu perdas de cerca de 1% ontem.

O CPI chinês, por outro lado, está em desaceleração. A taxa anual diminuiu para 0,1% em março, ante 0,7% em fevereiro, vindo abaixo do consenso de 0,4%.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no vermelho em meio às dúvidas sobre cortes de juros nos EUA. O S&P/ASX 200 caiu 0,44% em Sydney, a 7.813,60 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Acompanhe tudo sobre:bolsas-de-valoresJapãoChinaHong KongTaiwanSeulCoreia do SulAções

Mais de Invest

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 42 milhões nesta quinta-feira; veja como apostar

Repercussão do balanço da Nvidia e da Ata do Fed: os assuntos que movem o mercado

Nvidia (NVDC24) dispara mais de 7% no pré-mercado após balanço do 1T24 surpreendente

IR 2024: Receita libera consulta ao maior lote da história; veja se você já recebe

Mais na Exame