Bolsa alemã está pronta para comprar NYSE após Nasdaq desistir

A Deutsche Boerse está pronta para comprar a bolsa norte-americana com desistência da rival
As ações da Deutsche Boerse subiram 3,8% com a possibilidade de compra (Getty Images)
As ações da Deutsche Boerse subiram 3,8% com a possibilidade de compra (Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 16/05/2011 às 13:57.

Londres - A Deutsche Boerse está pronta para comprar a NYSE Euronext depois que a Nasdaq e a IntercontinentalExchange retiraram sua proposta rival pela controladora da Bolsa de Valores de Nova York nesta segunda-feira.

A Nasdaq e a ICE desistiram da oferta de 11 bilhões de dólares após órgãos antitruste norte-americanos deixarem claro que não aprovariam o negócio, realçando a dificuldade de se fazer acordos entre as reguladas operadoras de bolsas, em meio a pressões por consolidação na indústria.

Em outro movimento no setor, no domingo, um grupo de bancos e fundos de pensão do Canadá manifestou a intenção de descarrilhar outro acordo, ao fazer uma oferta pelo TMX Group , operador da bolsa canadense que é alvo da London Stock Exchange (LSE) .

Alguns especialistas disseram que a LSE e a Nasdaq poderiam buscar um acordo entre si.

A Nasdaq já tentou comprar a LSE duas vezes durante a última onda de consolidação na indústria alguns anos atrás, mas o negócio não saiu por causa da negativa dos acionistas.

Aproximações anteriores da Deutsche Boerse, NYSE e Macquarie pela LSE também falharam.

As ações da Deutsche Boerse subiram 3,8 por cento, com operadores otimistas com as perspectivas de crescimento da companhia se a compra da NYSE for adiante.

Os papéis da LSE avançaram 6,8 por cento, com investidores imaginando se agora a bolsa londrina poderá finalmente acabar nas mãos da Nasdaq.

As ações da NYSE desabavam quase 11 por cento. As da Nasdaq tinham desvalorização de 0,2 por cento e as da ICE subiam mais de 5 por cento.

A combinação de NYSE e Nasdaq criaria uma operadora de bolsas com domínio sobre a listagem de ações de empresas nos EUA --e o Departamento de Justiça norte-americano disse que se o negócio não fosse interrompido, teria que iniciar uma ação legal para pará-lo.

O presidente-executivo da Nasdaq, Bob Greifeld, disse que sua companhia foi surpreendida e ficou desapontada com a manifestação do Departamento de Justiça.

A Nasdaq e a ICE anunciaram a intenção de comprar a controladora da Bolsa de Valores de Nova York em 1o de abril, buscando desafiar uma proposta negociada de venda da NYSE Euronext para a Deutsche Boerse anunciada anteriormente.

Se bem-sucedida na compra da NYSE, a bolsa alemã se tornará uma operadora global de bolsas gigante, o que forçaria rivais a buscar escala para permanecer competitivas.