5 ações que pagam dividendos acima do CDI

Alta da Selic aumentou a atratividade da renda fixa, mas proventos de empresas da bolsa podem ser ainda mais rentáveis
 (Getty Images/solidcolours)
(Getty Images/solidcolours)
Por Guilherme GuilhermePublicado em 19/05/2022 07:15 | Última atualização em 18/05/2022 15:38Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A alta da taxa Selic aumentou a atratividade da renda fixa, impulsionando os ganhos com investimentos atrelados ao CDI, que hoje está em 12,65%.

Embora a rentabilidade esperada seja a maior para a renda fixa dos últimos anos, algumas das ações da bolsa poderão pagar dividendos ainda mais robustos a seus acionistas.

Uma das formas de identificar quais são as companhias com maior potencial de dividendos é com base nos pagamentos passados. Mas mudanças no modelo de negócios ou a fase do setor têm influência significativa nas distribuições de lucros futuros. Ou seja, dividendos passados não são garantia para os próximos proventos e há espaço para surpresas.

Para identificar com maior precisão quais empresas serão as maiores pagadoras de dividendos, a Exame tomou como base relatórios do BTG Pactual com estimativas de distribuição de proventos para este ano.

Confira quais empresas terão dividendos superiores ao CDI, segundo analistas do BTG.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

1. Petrobras

Ticker: PETR4 | Dividend Yield*: 15% | Preço-alvo: R$ 41

A Petrobras tem apresentado melhora em seus indicadores operacionais a cada trimestre, beneficiada pela alta do petróleo, negociado acima de US$ 100 por barril. Em 2021, a companhia deu lucro recorde de R$ 106 bilhões e já bateu R$ 44,6 bilhões de lucro somente no primeiro trimestre deste ano. Apesar de seu desempenho recente, o BTG tem recomendação neutra para os papéis, devido ao risco político que envolve a companhia, especialmente, em ano de eleições.

2. Braskem

Ticker: BRKM5 | Dividend Yield*: 14,5% | Preço-alvo: R$ 68

A pressão de margem sobre produtos petroquímicos segue como um desafio para a Braskem, mas analistas do BTG veem um grande momento do ponto de vista micro da empresa. A recomendação de compra, segundo os analistas, é "baseada na crença de que os fundamentos petroquímicos e o valuation devem prevalecer", apesar do cenário macroeconômico. Além da perspectiva de dividendos gordos para este ano, o banco projeta potencial de alta acima de 50% para as ações da Braskem.

3. Cosan

Ticker: CSAN3 | Dividend Yield*: 13,4% | Preço-alvo: R$ 39

Holding com participação em empresas como Raízen, Compass, Moove e Rumo, a Cosan é mais uma alternativa para investidores em busca de dividendos. Mas, assim como a Braskem, é o no potencial de valorização que analistas do BTG veem a maior oportunidade. O preço-alvo do banco para a Cosan indica que as ações da companhia pode mais do que dobrar. "A ação agora parece descontada considerando a resiliência e diversificação de sua geração de fluxo de caixa" disseram os analistas em relatório.

4.  MRV

Ticker: MRVE3 | Dividend Yield*: 13,6% | Preço-alvo: R$ 23

As ações da MRV entraram em patamares considerados atrativos pelo BTG, após caírem mais de 40% nos últimos 12 meses pressionadas pelos efeitos da alta de juros sobre o setor. A expectativa do banco é de que o múltiplo Preço/Lucro da incorporadora caia de 6x para 4,3x neste ano, com o valor patrimonial da companhia ficando acima de seu valor de mercado.

5. Plano & Plano

Ticker: PLPL3 | Dividend Yield*: 27,4% | Preço-alvo: R$ 13

Também pressionada pelo cenário macroeconômico, as ações da construtora Plano & Plano (PLPL3) já desabaram mais de 70% desde seu IPO no segundo semestre de 2020. A queda, porém, pode representar uma das maiores oportunidades da bolsa. Pelas projeções do BTG, a companhia ainda pode subir mais de 400% até bater o preço-alvo dos analistas. Se a ação não subir, os analistas estimam dividendos de 27,4% do valor da ação para os acionistas. Para 2023 e 2024, o BTG espera que o dividend yield da Plano & Plano fique em 59% e 71,7%, respectivamente.

Faixa bônus: Vale 

Ticker: VALE3 | Dividend Yield*: 11,65% | Preço-alvo: R$ 115

Uma das maiores pagadoras de dividendos dos últimos anos, a Vale deve seguir distribuindo proventos robustos aos acionistas -- mas, pelas contas do BTG, abaixo do CDI atual. Porém o programa de recompra de 500 milhões de ações anunciada pela companhia, segundo o banco, mantém a companhia entre as grandes oportunidades de da bolsa. " Indiscutivelmente, esta é uma indicação da administração de que as recompras são agora uma rota preferencial de retorno de caixa (versus dividendos), embora esperemos que ambos permaneçam em vigor", disseram em relatório.

* Com base no preço das ações no fechamento de terça-feira, 17