Estratégia de Crescimento Empresarial: o que as empresas fazem para crescer?

Alocar capital em empresas com estratégia de crescimento pode ser um tipo de investimento com boa rentabilidade
 (Getty/Getty Images)
(Getty/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 20/07/2022 às 18:00.

Estratégia de crescimento é algo que empresas podem fazer quando desejam tornar suas operações mais eficientes e lucrativas.

Portanto, alocar capital em empresas com estratégia de crescimento para o longo prazo pode ser um tipo de investimento que venha a dar uma boa rentabilidade.

O que é estratégia de crescimento?

Uma estratégia de crescimento consiste em um planejamento que uma companhia faz para que consiga crescer suas operações e, com isso, se tornar mais lucrativa para seus acionistas e mais eficiente no que faz. 

Dessa forma, considerando que empresas desse tipo são capazes de multiplicar o capital do investidor quando os projetos são bem-sucedidos, é muito importante saber o que é estratégia de crescimento e como ela ocorre.

Essas estratégias, quando bem executadas, geram resultados que são capazes de aumentar o fluxo de caixa da empresa em prazos mais longos.

Sendo assim, uma estratégia possível é diminuir a distribuição de dividendos para conseguir ter mais dinheiro para reinvestir em suas próprias atividades.

Portanto, investidores que decidem alocar capital em empresas com estratégias de crescimento podem ter de esperar um pouco para ver retorno sobre seu capital.

Para que serve uma estratégias de crescimento?

Uma estratégia de crescimento tem uma função muito importante: fazer com que a empresa aumente de tamanho e conquiste novos mercados.

Sendo assim, a empresa pode deixar de ter uma importância apenas local e se tornar uma companhia local. Além disso, ela pode entrar em novos mercados para aumentar seus lucros.

Esse é o caso de muitas empresas presentes na bolsa de valores, sejam elas no Brasil ou no exterior. 

Dessa forma, quem investe em uma empresa desse tipo pode ver a companhia multiplicar seu valor de mercado em diversas vezes. 

Por fim, vale notar que as estratégias de crescimento são capazes de gerar valor aos acionistas da empresa. Isso porque, com o crescimento das companhias, o valor das ações sobe, gerando lucros a quem investiu nessas empresas.

Quais são as estratégias de crescimento?

De fato, existem muitas estratégias para crescimento que uma empresa pode fazer. A escolha da estratégia certa vai depender de vários fatores.

Por exemplo: em que segmento ela atua? Qual o seu tamanho atual? Para qual público ela vende? Qual o orçamento a empresa possui para esse projeto? Entre outros.

É possível citar alguns exemplos de crescimento: algumas empresas podem optar por comprar suas concorrentes e, com isso, ganhar mais market share e ser mais relevante no mercado.

Além disso, ela pode investir em publicidade e, com isso, chegar a pessoas que antes desconheciam a empresa em questão. O investidor que quiser comprar uma ação desse tipo precisa conhecer essas e outras estratégias.

A empresa pode, ainda, enxugar custos e tornar-se mais produtiva, focando na sua atividade principal e dominando-a muito bem para se tornar referência de mercado. 

Por fim, uma grande iniciativa que as empresas têm buscado é a de inovação tecnológica. Mesmos setores tradicionais têm incorporado novas tecnologias e passando a se tornar mais eficientes. 

Quais as desvantagens da estratégia de crescimento?

Primeiramente, a diminuição dos dividendos distribuídos é uma das principais desvantagens da estratégia de crescimento para o investidor.

Isso porque a empresa precisa de capital para continuar crescendo. Por isso, ela pode preferir reter seus lucros ao invés de distribuí-los na forma de dividendos.

Isso, de fato, pode ser ruim no momento. Mas a empresa pode crescer de forma relevante e, depois desse período de expansão, pode distribuir muito mais dividendos do que anteriormente.

Outro ponto importante é que esse tipo de plano é um risco para a empresa, pois seus objetivos podem dar errado e fazer com que ela perca dinheiro.

De fato, muitas empresas quebram em processos de crescimento. Mas quando ele ocorre de maneira estruturada, o processo é mais seguro.

Quais as vantagens da estratégia de crescimento?

As vantagens da estratégia de crescimento são muitas, pois permitem que as empresas cresçam de tamanho e beneficiem todos os seus stakeholders.

Em primeiro lugar, isso gera um benefício para a população, pois com crescimento muitas empresas acabam inovando em seus setores e trazendo soluções cada vez melhores para seus clientes.

Além disso, os investidores de renda variável que alocaram capital nessas ações veem seu patrimônio crescer de forma relevante, pois empresas de crescimento podem dar lucros exponenciais.

Até mesmo o governo se beneficia do crescimento das empresas, pois passa a recolher mais impostos e pode utilizá-los para seus programas sociais.

Por fim, as empresas passam a ter preços mais competitivos, pois podem diminuir as margens sem prejudicar tanto suas operações. Elas também ganham poder de barganha com seus fornecedores e diminuem suas despesas administrativas.

Você conseguiu entender o porquê de uma estratégia de crescimento poder ser tão atrativa? Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

O que é receita bruta?
O que é inflação?
O que é renda fixa?