Future of Money

Solana despenca com rumores e temor sobre futuro de criptomoedas meme

Criptomoeda perdeu mais de US$ 3 bilhões em capitalização de mercado nos últimos sete dias

Criptomoeda Solana voltou a cair nos últimos dias (Getty/Getty Images)

Criptomoeda Solana voltou a cair nos últimos dias (Getty/Getty Images)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 24 de junho de 2024 às 12h16.

Última atualização em 24 de junho de 2024 às 14h33.

A criptomoeda sol, nativa do blockchain Solana, passou nos últimos dias para o grupo de destaques negativos no mercado. Dados da plataforma CoinGecko apontam que ela acumula queda de 11,3% nos últimos sete dias, perdendo mais de US$ 3 bilhões em capitalização de mercado.

Apesar das perdas, o ativo segue entre os cinco maiores do mundo cripto. A desvalorização também ocorre em meio a um período adverso para os criptoativos, de queda generalizada. Entretanto, o recuo da sol está acima da média dos principais ativos digitais.

Para analistas, a desvalorização recente da Solana reflete uma combinação de influências negativas. Além do próprio momento ruim do mercado, a rede também teve desafios recentes, com queda de taxas e congestionamento no processamento de transações, o que tende a afastar usuários e alertar investidores.

Por outro lado, analistas também apontam que a ligação intensa entre a Solana e projetos de criptomoedas meme pode estar pesando negativamente nos últimos dias. O segmento tem dado sinais de desaceleração, criando uma expectativa de atividade menor na rede e resultando em uma queda na sol.

Esse temor ganhou força após o influenciador digital Andrew Tate fazer uma publicação em que disse que iria "derrubar a rede da Solana" e então afirmar que queimou cerca de US$ 38 milhões em uma criptomoeda meme criada na Solana, reduzindo sua oferta em circulação em 58%.

Há, ainda, especulações em torno de um rumor de possíveis problemas jurídicos envolvendo o projeto. O tema ganhou tração quando um usuário fez uma publicação no X, antigo Twitter, em que disse que o blockchain estava sendo alvo de investigações que viriam a público "em breve".

O usuário não deu nenhuma prova para corroborar sua afirmação, mas o contexto já negativo para a Solana pode ter resultado em uma aversão a riscos entre os investidores, deixando-os mais sensíveis para boatos como o compartilhado recentemente.

A sol é uma das criptomoedas que mais valorizaram em 2023, com alta de mais de 800%. O ativo manteve uma trajetória de alta ao longo dos primeiros meses de 2024, se consolidando como a quinta maior criptomoeda do mundo. Nesse sentido, um período de correção de preços também é natural na dinâmica do mercado.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

SEC autoriza lançamento de primeiros ETFs de Ethereum nos EUA

Investidores do bitcoin ainda não precificaram possível vitória de Trump, diz gestora

Bitcoin bate máxima histórica de preço em relação ao real, mesmo sem recorde em dólar

Bolsa de Chicago divulga data de estreia de ETFs de Ethereum nos EUA

Mais na Exame