Future of Money

Solana lança atualização para resolver problemas de congestionamento na rede

Desenvolvedores trabalharam em solução para instabilidade no blockchain gerada por disparada de criptomoedas meme e novos usuários

Solana valorizou mais de 800% em 2023 (Getty/Getty Images)

Solana valorizou mais de 800% em 2023 (Getty/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 15 de abril de 2024 às 11h03.

Última atualização em 15 de abril de 2024 às 11h39.

Os desenvolvedores da Solana implementaram nesta segunda-feira, 15, uma nova atualização que busca solucionar problemas de congestionamento que a rede enfrentou nas últimas semanas. O blockchain tem apresentado lentidão devido à combinação de uma disparada de novos usuários e tokens.

De acordo com os desenvolvedores, a atualização já está disponível e é recomendada a todos os validadores da rede. O conjunto de mudanças "contém melhorias que deverão ajudar a aliviar o congestionamento atual na rede Solana", destacou um post no X, antigo Twitter.

A previsão dos responsáveis pela Solana é que o blockchain ainda receba outras atualizações nos próximos meses, todas focadas na redução do congestionamento de transferências que ainda precisam ser processadas pelos validadores na rede. Ainda não há um cronograma claro para as atualizações.

Um congestionamento ocorre em uma rede blockchain quando o limite de processamento de transações em um período de tempo é atingido. Por isso, ele está associado a períodos de forte atividade na rede, mas é prejudicial por potencialmente afastar usuários e mostrar os limites de escalabilidade de um projeto.

No caso da Solana, especialistas apontam que o congestionamento foi causado pela nova explosão de criptomoedas meme, que agora estão sendo criadas principalmente no blockchain. Apesar do fenômeno ser positivo ao atrair novos usuários, o volume acabou sendo maior que a capacidade da rede.

Apenas em março, o volume de transação chegou a US$ 4 bilhões por dia no blockchain, montante consideravelmente superior que a média diária de menos de US$ 500 milhões registrada ao longo de 2023. Além do congestionamento, o volume elevado também pode resultar em problemas técnicos e até tirar a rede do ar.

A próxima atualização da Solana já está sendo testada em uma "testnet", uma rede que busca imitar todas as características do blockchain principal. As testnets são usadas para identificar possíveis falhas ou problemas não previstos após a implementação de uma atualização.

O anúncio nesta segunda-feira foi bem-recebido pelo mercado. O sol, criptomoeda nativa da Solana, acumula alta de 9,4% nas últimas 24 horas, mas ainda é preciso observar a efetividade das mudanças e se a rede poderá ter novas falhas ou lentidão, problemas que tendem a afetar o preço do ativo.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Desenvolvedor se desculpa após roubar mais de R$ 2 milhões em criptomoedas e perder tudo em apostas

"A gente acredita muito no bitcoin", diz CEO do Nubank após área de cripto crescer 1.500%

Bitcoin dispara com dados de inflação nos EUA e cenário macro será "decisivo" para cripto

Worldcoin, projeto de Sam Altman, muda sistema de privacidade e deleta dados de usuários

Mais na Exame