Future of Money

Hong Kong pode aprovar ETFs de bitcoin pela primeira vez ainda em abril

Movimento de aprovação de fundos de preço à vista da criptomoeda reflete abertura maior de Hong Kong para segmento de ativos digitais

ETFs de bitcoin foram aprovados nos EUA em 2024 (Reprodução/Reprodução)

ETFs de bitcoin foram aprovados nos EUA em 2024 (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 10 de abril de 2024 às 14h01.

Os reguladores de Hong Kong podem aprovar já na próxima semana os primeiros pedidos para lançamento de fundos negociados em bolsa (ETFs, na sigla em inglês) de preço à vista do bitcoin, em meio ao interesse crescente de gestoras nessa opção de investimento em criptomoedas.

De acordo com a Reuters, a previsão dos reguladores é que uma primeira leva de pedidos seja aprovado na próxima semana, com os fundos estreando no mercado ainda em abril. Na prática, a aprovação pode tornar Hong Kong a primeira jurisdição da Ásia a aprovar esse tipo de produto de investimento.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir. 

Além de Hong Kong, a Austrália também está avaliando pedidos de lançamento de ETFs de bitcoin. Há a expectativa, ainda, que Singapura e os Emirados Árabes Unidos aprovem pedidos semelhantes, mas em um ritmo mais lento. Já em Hong Kong, a análise teria sido acelerada.

A Reuters afirma que ao menos quatro empresas entraram com pedidos junto ao regulador de Hong Kong. Dessas, três são filiais de grandes gestoras do mercado financeiro chinês: China Asset Management, Harvest Fund Management e Bosera Asset Management.

O jornal local Securities Times também apontou que as gestoras chinesas estão interessadas nos ETFs de bitcoin, citando ainda a China Southern Fund como uma das gestoras que já entrou ou pretende entrar com pedido de lançamento de um fundo próprio de investimento na criptomoeda.

A Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong afirmou em 22 de dezembro de 2023 que estava "pronta" para receber e analisar solicitações de lançamento de ETFs da criptomoeda. Desde então, ela teria recebido "múltiplas" solicitações, segundo o Securities Times.

Acompanhe tudo sobre:BitcoinHong KongCriptomoedasCriptoativosETFs

Mais de Future of Money

Investidores institucionais não acreditam em alta do bitcoin no curto prazo, aponta relatório

Dolce & Gabbana é processada nos EUA após problemas em coleção de NFTs

Ethereum pode "surpreender" investidores e voltar a disparar, afirma Coinbase

Projeto vencedor de hackathon na Ethereum Rio une blockchain e IA para melhorar o sistema carcerário

Mais na Exame