Future of Money

CEO de gestora bilionária acredita que ETFs de ether não serão aprovados em maio

Responsável pela VanEck, que também entrou com solicitação para lançar produto de investimento na cripto, está mais pessimista com decisão da SEC

Gestoras esperam aprovação de ETFs de ether (Reprodução/Reprodução)

Gestoras esperam aprovação de ETFs de ether (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 10 de abril de 2024 às 15h33.

Última atualização em 10 de abril de 2024 às 15h40.

Jan van Eck, atual CEO da gestora bilionária VanEck, não acredita que os pedidos de lançamento de fundos negociados em bolsa (ETFs, na sigla em inglês) de preço à vista de ether serão aprovados pela SEC até maio. A empresa é uma das solicitantes que enviaram pedidos para o regulador dos Estados Unidos e está no aguardo de uma resposta.

O executivo falou sobre o tema durante uma entrevista para o site CoinDesk. A posição de van Eck reflete uma mudança de postura que tem ganhado força no mercado. Anteriormente, gestores e analistas esperavam que a SEC aprovaria os pedidos de ETFs em maio. Agora, a expectativa que vem ganhando força é que a liberação demorará mais tempo.

O CEO da VanEck explicou que a chance de aprovação em maio é menor porque a SEC tem interagido menos com as solicitantes em comparação com a interação durante o período de análise dos pedidos de ETFs de bitcoin, que foram aprovados pelo regulador em janeiro deste ano.

Van Eck comentou que a gestora entrou com o pedido de lançamento de ETF de ether e "desde então não recebemos nenhum retorno da SEC. Então isso é um sinal. A aprovação não vai acontecer enquanto não conseguirmos alinhar os documentos necessários".

Ao mesmo tempo, o executivo defendeu que o mercado deveria se preocupar menos com os ETFs de criptomoedas e se concentrar em um problema maior: as taxas de transações em blockchains. Para van Eck, as taxas no momento são "imprevisíveis", o que cria um problema pensando na adoção dessas redes.

"A história mais importante de 2023, que as pessoas conhecem mas não creio que se concentrem o suficiente, é simplesmente que os custos de transação estão agora disponíveis a taxas acessíveis através de Solana ou de blockchains de segunda camada" destacou o CEO ao CoinDesk.

Na visão dele, "a coisa mais interessante que está acontecendo em cripto agora é que você tem bancos de dados que podem ser escalonados, que podem exigir muito tempo de atividade de muitos usuários e agora têm custos previsíveis. E então coisas reais podem ser construídas nesses bancos de dados agora. Veremos isso nos próximos anos".

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:EthereumETFsCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Descentralização na Web3: redefinindo o futuro da internet

Criptomoedas podem cair mesmo em mercado de alta: o que é correção e como lidar com isso

Por que as marcas não podem ignorar o blockchain: a transformação da interação com o consumidor

A solução para as barreiras de liquidez global nos investimentos

Mais na Exame