Grande Rio lança NFT em homenagem a Exú para comemora título no Carnaval

Escolas de samba fazem parceria com startup norte-americana para tentar capitalizar no mercado cripto e blockchain; item mais caro da coleção vale R$ 5.000
Acadêmicos do Grande Rio foi a escola campeão do Carnaval carioca em 2022 (Divulgação/Acadêmicos da Grande Rio)
Acadêmicos do Grande Rio foi a escola campeão do Carnaval carioca em 2022 (Divulgação/Acadêmicos da Grande Rio)
Por Gabriel MarquesPublicado em 16/05/2022 15:07 | Última atualização em 16/05/2022 15:07Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Campeã do carnaval do Rio de Janeiro em 2022, a Grande Rio decidiu comemorar o triunfo com uma coleção de NFTs. Os tokens, primeiros do tipo relacionados com o Carnaval carioca, tem a temática do desfile vencedor como ponto central - e um deles homenageia Exú, orixá que foi o enredo da escola de Duque de Caxias em 2022.

São diversos tokens colecionáveis colocados à disposição dos interessados, com preços a partir de R$ 100. O NFT em homenagem a Exú, o mais raro da coleção, já foi arrematado, por US$ 1.000, ou pouco mais de R$ 5.000. Além do item digital, o comprador também receberá uma obra física da escola da samba.

(Mynt/Divulgação)

O lançamento do NFT é fruto de uma parceria Grande Rio com a startup International Digital Group (IDG), que também lançou NFTs da Mangueira. “Pensamos nos digitals colecionáveis da Grande Rio justamente para coroar esse momento inesquecível da escola campeã do Carnaval do Rio de Janeiro em 2022. Os NFTs estão disponíveis em diversos modelos e categorias no nosso site, e estamos muito empolgados com essa parceria", disse Sylmara Multini, CEO da IDG.

(IDG/Reprodução)

Apesar do valor relativamente baixo, especialmente quando comparado com as cifras que frequentemente fazem parte do mercado de NFTs, e também o custo de um desfile de Carnaval do Grupo Especial carioca, a venda chama a atenção por seu pioneirismo: trata-se da primeira transação do tipo relacionada com a maior festa popular do mundo.

Outras vertentes da cultura brasileiras também estão aproveitando do espaço dos criptoativos e investindo em novas formas de se conectar com admiradores, como é o caso do Angra, uma das bandas de heavy metal do país mais admiradas internacionalmente, que anunciou no último final de semana sua plataforma de NFTs, descrita pela guitarrista Rafael Bittencourt como “uma maneira de investir no futuro do rock”.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok