Acompanhe:

Empresa que paga aluguel por imóveis tokenizados investe em expansão no Brasil

Startup Aluguel Virtual oferece pagamento mensal para proprietários mesmo se o local estiver ocupado ou vazio

Modo escuro

Continua após a publicidade
Expansão de startup tokenizadora começará nas cidades de Barueri, Santana do Parnaíba, São Paulo e Florianópolis (Leandro Fonseca/Exame)

Expansão de startup tokenizadora começará nas cidades de Barueri, Santana do Parnaíba, São Paulo e Florianópolis (Leandro Fonseca/Exame)

J
João Pedro Malar

Publicado em 5 de janeiro de 2023 às, 14h30.

A startup Aluguel Virtual anunciou nesta quinta-feira, 5, que vai investir R$ 18 milhões para a sua expansão no Brasil. A empesa é uma gestora e tokenizadora de ativos imobiliários que paga um aluguel para donos de imóveis mesmo se ele estiver ocupado ou vazio.

A empresa trabalha com um modelo de Home Equity Rentável, modalidade em que imóveis são usados como ativos e podem ser usados por bancos, seguradoras e instituições financeiras como garantia em depósitos compulsórios, atendendo uma exigência do Banco Central de manter parte dos recursos usados parados em uma conta.

  • A melhor experiência e atendimento em português. Ninguém merece consultar o tradutor online enquanto tem problemas com o suporte, por isso, a Mynt tem atendimento humanizado 24 horas e em português. Abra sua conta e tenha uma experiência única ao investir em crypto.

Em troca de oferecer o imóvel como garantia, o proprietário recebe o pagamento mensal da Aluguel Virtual, e além disso pode fazer o que quiser com ele, como morar ou alugá-lo. Além de realizar esse serviço, a startup também tokeniza esses imóveis, facilitando o processo.

Pelos planos da empesa, a expansão começará nas cidades de Barueri, Santana do Parnaíba, São Paulo e Florianópolis. O investimento envolverá também uma mudança no modelo de negócios da startup, que permitirá a criação de um sistema de franquias.

Com a novidade, as franquias serão divididas entre a categoria Master, que fica responsável por todo uma região ou cidade, e Home, que lida diretamente com os donos dos imóveis. Dependendo da área e tipo de franquia, o investimento inicial varia de R$ 45 mil a R$ 1 milhão.

A previsão da Aluguel Virtual é que os franqueados tenham um retorno para seus investimentos entre cinco e 12 meses. A startup também passará a aceitar imóveis com dívidas ativas ou que iriam para leilão.

“Começamos em São Paulo com quatro bairros e estamos perto de 60 cidades que adotaram o Aluguel Virtual como fonte extra de renda. Com o lançamento das franquias da AV no início de 2023, vamos chegar a 200 cidades habilitadas para utilizar esse modelo”, destaca o CEO da empresa, Rafael Pimenta.

Os interessados em tokenizar um imóvel e receber o valor mensal como renda extra podem fazer uma avaliação no site da empresa, que determina uma oferta diretamente ou então através de imobiliárias e corretoras, sendo necessário também realizar uma vistoria no imóvel para confirmar seu valor.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok  

Últimas Notícias

Ver mais
Ainda dá tempo de comprar criptomoedas e lucrar com elas?
Future of Money

Ainda dá tempo de comprar criptomoedas e lucrar com elas?

Há 9 horas

Em 2023, investidores ganharam US$ 37,6 bilhões com criptomoedas; o que esperar deste ano?
Future of Money

Em 2023, investidores ganharam US$ 37,6 bilhões com criptomoedas; o que esperar deste ano?

Há 10 horas

Nem tudo é otimismo: especialistas questionam impacto do halving no preço do bitcoin
Future of Money

Nem tudo é otimismo: especialistas questionam impacto do halving no preço do bitcoin

Há um dia

Bitcoin terá "evento do ano": especialistas veem halving com otimismo e projetam disparada de preço
Future of Money

Bitcoin terá "evento do ano": especialistas veem halving com otimismo e projetam disparada de preço

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais