BSC supera volume do Ethereum e criptomoeda BNB tem alta de 1.500% no ano

Queima de tokens e volume de transações na BSC quase quatro vezes maior do que na rede Ethereum, criptomoeda BNB registra recorde de preço

A criptomoeda Binance Coin (BNB), criada pela Binance antes mesmo do lançamento da corretora, ultrapassou o preço de 600 dólares nesta madrugada, levando o ativo a uma alta acumulada de impressionantes 1.500% no ano. É uma das criptomoedas de melhor performance de 2021, e o movimento se explica por duas principais razões: queima de tokens e Binance Smart Chain.

A queima de tokens, também chamada queima de moedas ("coin burn" ou "token burn", em inglês), é um processo de remoção permanente de uma parcela das moedas em circulação, a fim de reduzir a sua oferta. No caso da BNB, a queima de tokens é programada através de contratos inteligentes e deve acontecer uma vez a cada trimestre, de acordo com o volume negociado no período.

Nesta segunda-feira, 12, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, anunciou a 15ª queima de tokens BNB, o que animou o mercado já que a menor oferta da criptomoeda tende a elevar os seus preços. "Quando você queima moedas, elas são tiradas de circulação para sempre. Isso aumenta o valor das moedas remanescentes. Queima de tokens BNB em alguns dias!", disse CZ no Twitter.

Além da queima de tokens, outro fator relevante no movimento de alta da BNB é a Binance Smart Chain (BSC), a rede blockchain da Binance. A criptomoeda, inicialmente criada como um token ERC-20 que circulava na rede do Ethereum, acabou convertida para o modelo BEP2 e transferida para uma blockchain própria.

Com as altas taxas de transação da rede Ethereum, especialmente após o crescimento das aplicações de finanças descentralizadas (DeFi), que sobrecarregaram a rede, a Binance Smart Chain começou a ganhar espaço, já que tem taxas muito menores. No último dia 8, registrou um recorde de 5 milhões de transações por dia, quase quatro vezes o número registrado na rede Ethereum.

Além disso, a BSC tem avançado também no setor de DeFi, ainda dominado pela rede da segunda maior criptomoeda do mundo, mas que tem visto a distância diminuir. Uma das criptomoedas que mais cresceu em 2021, inclusive, é de um projeto de DeFi baseado na Binance Smart Chain, o Pancake Swap, cujo preço subiu mais de 4.600% desde o início do ano.

Assim, a BNB, que começou 2021 valendo pouco menos de 38 dólares, atingiu 605 dólares nesta madrugada, com uma alta de 25% nas últimas 24 horas e quase 1.500% desde o início do ano. No momento, a criptomoeda é cotada a 575 dólares, depois de uma pequena correção após atingir seu preço recorde.

A criptomoeda pode ser usada como um meio de pagamentos e também como um "utility token", ou "token de utilidade", nas plataformas da Binance, como na própria exchange, para pagamento de taxas, na Binance Launchpad, ou na Binance DEX.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.