Future of Money

Bitcoin tem pouca variação de preço pós halving: “mercado já deu as caras”, diz especialista

Evento muito aguardado por investidores cortou a emissão do bitcoin pela metade, mas não impulsionou o preço de forma significativa

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 23 de abril de 2024 às 11h36.

Última atualização em 23 de abril de 2024 às 11h40.

Tudo sobreBitcoin
Saiba mais

O halving do bitcoin já aconteceu, mas até o momento não gerou grandes movimentos de alta ou de queda no preço do bitcoin conforme se dividiam especialistas nas mais variadas previsões que tomaram conta do mercado cripto nos últimos meses.

Nesta terça-feira, 23, cerca de quatro dias após o halving, o bitcoin é cotado a US$ 66.828, com alta de 0,7% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Desde o início do ano, a principal criptomoeda acumula 58% de alta.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

“Acho que o mercado já deu as caras em relação a isso. Se o preço ia cair, ia ter alguma realização por conta disso. Não foi o que aconteceu e acho que o mercado ainda tem alguns outros fatores que podem beneficiar o preço do bitcoin para as próximas semanas e meses”, comentou Lucas Josa, especialista de criptoativos do BTG Pactual, no Morning Call da Mynt, plataforma de criptoativos do banco.

No programa semanal, o especialista afirmou acreditar que a faixa de preço dos US$ 64.650 está atuando como um importante suporte para o preço do bitcoin. Ao analisar os gráficos da criptomoeda, ele também acredita que o bitcoin teve um movimento de alta positivo recentemente, mas não descarta que a criptomoeda possa ser negociada entre US$ 64 e US$ 69 mil por um tempo.

yt thumbnail

O que é o halving do bitcoin?

O halving do bitcoin ocorre apenas uma vez a cada quatro anos e é responsável por cortar a emissão da maior criptomoeda do mundo pela metade, como parte de sua escassez programada por Satoshi Nakamoto, o criador anônimo do bitcoin.

Além disso, o halving ficou famoso como um importante catalisador do preço do bitcoin. Historicamente, em halvings anteriores o bitcoin atingiu máximas históricas de preço pouco depois do evento. No entanto, especialistas do BTG Pactual, Goldman Sachs e JPMorgan alertaram para a possibilidade disso não se repetir este ano.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

SEC aprova ETFs de ether nos EUA e surpreende com mudança de visão sobre Ethereum

ETFs de bitcoin batem recorde e acumulam 850 mil unidades da criptomoeda

Pepe dispara 40% e um dos primeiros investidores da criptomoeda meme lucra US$ 3 milhões

ETFs de ether vão atrair US$ 500 milhões na 1ª semana de negociação, diz OKX

Mais na Exame