Future of Money

Bitcoin chega a US$ 60 mil e despenca 17% desde a máxima histórica; entenda

Maior criptomoeda do mundo animou investidores no início do ano, mas agora recua de máxima histórica atingida em março de 2024

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 9 de maio de 2024 às 11h53.

Última atualização em 9 de maio de 2024 às 14h55.

Tudo sobreBitcoin
Saiba mais

Nesta quinta-feira, 9, o bitcoin e as principais criptomoedas são negociadas no vermelho. Movimentando cerca de US$ 67,4 bilhões nas últimas 24 horas, o setor enfrenta o marasmo desde o halving, evento que cortou a emissão do bitcoin pela metade e incentivou expectativas de uma disparada de preço que ainda não ocorreu na prática.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 61.412, com queda de 1,8% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Nos últimos 30 dias, a criptomoeda já despencou cerca de 11%. Desde a máxima histórica de US$ 73,75 mil em março deste ano, o bitcoin já caiu 16,8%.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

“O bitcoin segue seu movimento de queda da semana e tem como alvo os US$ 60 mil. Nesse patamar de preço, a demanda deve voltar a subir e o volume de negociação aumentar”, disse Fernando Pereira, analista da Bitget.

Eventos para ficar de olho

João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual, destacou que eventos importantes para a macroeconomia dos EUA devem acontecer na próxima semana e atualmente investidores de criptomoedas devem estar se preparando para isso.

“Considerando que o desempenho do bitcoin tem sido amplamente influenciado por dinâmicas macroeconômicas, esses eventos são cruciais para os investidores monitorarem. Dentre os eventos significativos para a próxima semana, estão previstos: a divulgação do Índice de Preços ao Produtor (PPI) e um discurso de Jerome Powell, presidente do Banco Central dos EUA”, disse ele à EXAME.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCriptoativosCriptomoedas

Mais de Future of Money

Quatro criptomoedas com 'narrativas explosivas' para estudar agora

Lei de Inovação Financeira e Tecnologia para o Século 21: o que é e quais os impactos?

A revolução dos ativos digitais: uma análise das recentes mudanças no mercado de criptomoedas

Gigantes de Wall Street "financiam a poluição do bitcoin", diz Greenpeace

Mais na Exame