Future of Money

5 razões pelas quais o ether pode superar o bitcoin e se tornar a principal criptomoeda

Aprovação dos ETFs de Ethereum nos EUA pode ter marcado uma virada na disputa pela liderança do mercado de criptomoedas

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Cointelegraph
Cointelegraph

Agência de notícias

Publicado em 3 de junho de 2024 às 15h26.

Última atualização em 3 de junho de 2024 às 15h28.

Tudo sobreEthereum
Saiba mais

Uma narrativa que ganhou força em 2021 devido aos ganhos superiores do ether em relação ao bitcoin no último ciclo de alta do mercado de criptomoedas estava praticamente esquecida este ano, mas pode voltar a ficar em evidência daqui por diante, acredita Samir Kerbage, chefe de tecnolgoia e gerente de produtos da gestora de ativos digitais Hashdex.

A aprovação dos ETFs de ether nos Estados Unidos em 23 de junho impulsionou o preço do ether. Atualmente, a segunda maior criptomoeda do mercado acumula ganhos de 66% até agora em 2024, superando a performance do bitcoin, que valorizou 60% no mesmo período.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Na mais recente edição do boletim "Notas do CIO", publicada na sexta-feira, 31 de maio, Kerbage afirmou que "as vantagens únicas do Ethereum e os persistentes impulsionadores de demanda o posicionam bem para o crescimento futuro."

Assim, uma possível "virada" na liderança do mercado de criptomoedas ainda é viável. O chefe de tecnologia da Hashdex aponta cinco potenciais catalisadores que podem impulsionar o crescimento do ether nessa direção.

1. Listagem dos ETFs de ether nos EUA

O primeiro evento favorável ao ether foi a inesperada aprovação dos ETFs pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC). Até a segunda-feira, 20 de maio, os especialistas estimavam em apenas 15% as chances de aprovação. Manobras de bastidores, supostamente influenciadas por questões políticas, elevaram a probabilidade para 75% em poucas horas e a aprovação veio a se confirmar três dias depois.

A exposição e o acesso facilitado ao ether através de fundos negociados em bolsa poderiam gerar uma demanda de aproximadamente US$ 5 bilhões nos primeiros meses de negociação dos ETFs nos EUA.

"Esta projeção é baseada na suposição de que o mercado dos EUA adotará os ETFs de ether em proporções semelhantes às observadas em outras regiões onde tanto os ETFs de bitcoin quanto de ether já estão disponíveis", diz Kerbage.

2. Eleições nos Estados Unidos

Se a política parece ter tido um papel determinante na aprovação do ETF de ether nos EUA este ano, os resultados das eleições presidenciais e para o Congresso podem ser altamente favoráveis à indústria de criptomoedas.

O candidato republicano Donald Trump recentemente assumiu uma postura pró-cripto alinhada aos congressistas do partido, e espera-se que a sua vitória nas eleições de novembro possa promover uma guinada na regulação das criptomoedas nos Estados Unidos, com a aprovação de projetos de lei mais amigáveis à indústria:

"​​Uma nova administração provavelmente apresentaria uma mudança dramática em sua visão sobre o ETH e outros criptoativos, abrindo a possibilidade de maior clareza regulatória e a oportunidade para o crescimento do Ethereum e seu ecossistema no maior mercado financeiro do mundo."

No entanto, o CIO da Hashdex destaca que "independentemente do resultado da eleição, há evidências de um crescente apoio bipartidário para a criação de um ambiente regulatório mais sensato para os criptoativos" nos Estados Unidos.

3. Mudança na política monetária do Fed

A aguardada reversão da política monetária restritiva do Banco Central dos EUA (Fed), com cortes nas taxas de juros, deve beneficiar amplamente o mercado de criptomoedas. Segundo Kerbage, o ecossistema de DeFi (finanças descentralizadas) do Ethereum está capacitado a absorver a liquidez adicional a ser injetada nos mercados financeiros em um ambiente de taxas de juros mais baixas em nível global.

Nesse cenário, há um maior potencial de alta para o Ether do que para o bitcoin, afirma Kerbage:

"Essa liquidez adicional muitas vezes acaba direcionada para investimentos de maior rendimento e, como resultado, tanto o ether quanto seu ecossistema de DeFi associado podem registrar demandas crescentes e apreciação de preço sob políticas monetárias mais flexíveis."

4. Tokenização de ativos do mundo real

Como plataforma líder de contratos inteligentes, o Ethereum está posicionado como a plataforma preferencial para a tokenização de ativos do mundo real (RWA), um mercado que deverá movimentar trilhões de dólares nos próximos dez anos, segundo Kerbage.

A tokenização de ativos deve gerar um aumento no volume de transações realizadas no blockchain da Ethereum, potencialmente aumentando a demanda e o preço do ether, diz o executivo da Hashdex.

5. Novas aplicações e casos de uso revolucionários

As stablecoins têm ganhado cada vez mais popularidade, especialmente em países cujas moedas sofrem os efeitos da inflação e onde há políticas de controle de capital, e, segundo Kerbage, a Ethereum é a rede melhor posicionada para se beneficiar disso.

Aplicações capazes de oferecer soluções alternativas de pagamentos, remessas internacionais e serviços bancários podem provocar a disrupção das finanças tradicionais, atraindo capital novo para o ecossistema da Ethereum.

Para o chefe de investimentos da Hashdex, "as stablecoins são apenas a primeira de muitas potenciais aplicações 'revolucionárias'." Kerbage aposta que, nos próximos 12 a 18 meses, soluções de identidade digital, redes de infraestrutura física descentralizada (DePIN) podem testemunhar "uma adoção acelerada, impulsionadas pelos avanços da inteligência artificial (IA)."

Apesar da ascensão de rivais como a Solana e a Avalanche, Kerbage e a equipe de analistas de mercado da Hashdex não acreditam no enfraquecimento do ecossistema da Ethereum e da tese de investimento no ether.

A Hashdex vislumbra um futuro multichain, no qual "a demanda por aplicações baseadas em contratos inteligentes criará um ambiente onde muitas redes diferentes possam prosperar, mas a ethereum deve permanecer como a plataforma dominante no futuro mais previsível."

Apesar da confiança no potencial do ecossistema da Ethereum, a Hashdex retirou a sua aplicação para o lançamento de um ETF de ether nos Estados Unidos em 24 de maio, um dia após a SEC aprovar oito produtos financeiros semelhantes.

Não há detalhes sobre os motivos da desistência ou mesmo se a Hashdex reapresentará a sua proposta sob um novo formato. Na ocasião, o Cointelegraph entrou em contato com a Hashdex para buscar maiores esclarecimentos sobre a medida, mas não recebeu uma resposta imediata.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosEthereumBitcoin

Mais de Future of Money

Hiperautomação, blockchain e Web3: o futuro da transformação digital

Independência financeira: empresas e corretoras cripto estão preparadas para esta demanda?

Drex: quase metade dos brasileiros não está convencida de adotar o real digital, revela pesquisa

Segurança, nuvem e IA generativa de mãos dadas no mercado financeiro

Mais na Exame