ESG

Apoio:

logo_suvinil_500x252
Logo TIM__313x500
logo_unipar_500x313
logo_espro_500x313
logo_engie_500X252

Parceiro institucional:

logo_pacto-global_100x50

Raízen reutiliza cana-de-açúcar e economiza 2 bilhões de litros de água

Empresa também lançou neste ano segunda planta de etanol E2G, com maior produtividade e menos emissões

A vice-presidente de Sustentabilidade e Estratégia, Paula Kovarsky, destaca o compromisso da Raízen com a transição energética (Raízen/Divulgação)

A vice-presidente de Sustentabilidade e Estratégia, Paula Kovarsky, destaca o compromisso da Raízen com a transição energética (Raízen/Divulgação)

Letícia Ozório
Letícia Ozório

Repórter de ESG

Publicado em 18 de junho de 2024 às 07h00.

Na safra 2023/2024, a Raízen economizou 2 bilhões de litros de água, equivalentes a 871 piscinas olímpicas, por meio do programa ReduZa, que reutiliza água da cana-de-açúcar.

Em maio, a empresa inaugurou sua segunda usina de etanol de segunda geração, produzindo 82 milhões de litros por ano. A produtividade cresce 50%, com pegada de carbono 80% menor que a da gasolina e 30% menor que a do etanol de primeira geração.

A vice-presidente de Sustentabilidade e Estratégia, Paula Kovarsky, destaca o compromisso da Raízen com a transição energética. Em 2024, a empresa planeja usar inovações para avançar em combustíveis sustentáveis para aviação e transporte marítimo, em parceria com a Wärtsilä.

Acompanhe tudo sobre:RaízenMelhores do ESG

Mais de ESG

Bromélia da Amazônia pode ser alternativa ao plástico do petróleo

Bruno Gagliasso é novo sócio da startup Mara, de alimentação a preço acessível

Redes de pesca, roupas e pneus: expedição quer identificar os microplásticos presentes nos oceanos

Trauma climático, capital e investimento privado

Mais na Exame