ESG
Acompanhe:

Mover lança game de letramento racial para 1,3 milhão de funcionários em 47 empresas

O “Desafio MOVER” é uma trilha de aprendizado dividida em 5 fases para os funcionários em geral e em 10 fases para gestores e líderes; objetivo é o combate ao racismo nas organizações e na sociedade

O Movimento pela Equidade Racial – MOVER lança o “Desafio MOVER”, um game para promover o letramento racial, de forma lúdica, aos 1,3 milhão de funcionários das 47 empresas associadas na iniciativa de combate ao racismo (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Movimento pela Equidade Racial – MOVER lança o “Desafio MOVER”, um game para promover o letramento racial, de forma lúdica, aos 1,3 milhão de funcionários das 47 empresas associadas na iniciativa de combate ao racismo (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

M
Marina Filippe

1 de dezembro de 2022, 15h21

O Movimento pela Equidade Racial – MOVER lança o “Desafio MOVER”, um game para promover o letramento racial, de forma lúdica, aos 1,3 milhão de funcionários das 47 empresas associadas na iniciativa de combate ao racismo.

O “Desafio MOVER” é uma trilha de aprendizado acessível em qualquer plataforma via link ou QR Code, dividida em 5 fases para os funcionários em geral e em 10 fases para gestores e líderes. A mistura de formatos dá o tom da gamificação, com podcast interativo, vídeos imersivos e situacionais, mosaicos com imagens de personalidades e charadas com palavras.

“Nosso objetivo foi usar o design conversacional para criar conexão emocional e trazer leveza à experiência, sem perder a seriedade do conteúdo”, diz Fernando Tchê Gouvêa, fundador da Joco, plataforma usada no desafio. Na elaboração do game, o MOVER contou também com a consultoria da Indique.

“O objetivo da Indique como curadora do conteúdo foi trazer uma perspectiva nova e moderna sobre a negritude brasileira, seja ela representada em música, cinema, filme, mercado de trabalho, entre outros. Dessa maneira, conseguimos atrair o público a pensar sobre a diversidade e inclusão de uma maneira mais leve e contemporânea, fomentando e relembrando a potência de pensadores e indivíduos negros brasileiros que constroem a intelectualidade do país em suas diversas estruturas”, destaca Amanda Abreu, sócia cofundadora.

Para incentivar os participantes, os 200 primeiros que completarem suas jornadas na semana de lançamento do game receberão brindes exclusivos. Os funcionários que concluírem todas as fases até o fim de  fevereiro de 2023 concorrerão ao sorteio de mais 100 brindes. Todos os que finalizarem a trilha receberão certificados digitais. As empresas que conseguirem que mais de 70% de seus funcionários cheguem ao fim da jornada receberão uma placa de reconhecimento.

“Nossa proposta é que o ‘Desafio MOVER’ possa ser acessado durante 12 meses, mas que os conteúdos se tornem um legado permanente para as empresas após esse período. Com as jornadas de letramento racial já estruturadas, as empresas poderão criar novas ações para continuar periodicamente gerando conhecimento e engajamento, seja no onboarding de novos funcionários ou na reciclagem de seus quadros atuais”, destaca Marina Peixoto, diretora-executiva do MOVER.

O “Desafio MOVER” não é a primeira ação de letramento promovida pelo Movimento, que em seu primeiro ano de atividades, em 2021, mobilizou todos os funcionários das associadas durante uma hora para participar de uma live. A programação teve rodas de conversa, palestras, entrevistas e vídeos de artistas e personalidades negras representativas de vários setores.

O MOVER também já promoveu dois ciclos de letramento, em alinhamento a um de seus três pilares de atuação, o de Conscientização. Ambos foram realizados em parceria com o Instituto Identidades do Brasil (ID_BR). No primeiro ciclo, em 2021, foram capacitadas 200 lideranças da área de Diversidade, Equidade e Inclusão das empresas associadas. Este ano, foram capacitados outros 500 profissionais, incluindo os das áreas de RH e Marketing.

Leia também