Grupo Boticário lança banco de imagens com diversidade de pele brasileira

O projeto Mulheres (In)Visíveis da consultoria 65|10 quer mostrar a diversidade da mulher brasileira em campanhas de publicidade; as fotos serão de domínio público
 (Karla Brights/Reprodução)
(Karla Brights/Reprodução)
M
Marina Filippe

Publicado em 04/03/2022 às 08:00.

Última atualização em 04/03/2022 às 11:27.

As marcas do Grupo Boticário dão mais um passo em direção da ressignificação dos estereótipos na publicidade, propósito do movimento Diversa Beleza, lançado em janeiro de 2022. Agora, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, O Boticário, Quem Disse, Berenice?, Eudora, Vult, O.U.i e Australian Gold lançam a terceira edição do banco Mulheres (In)Visíveis, em parceria com a 65|10, consultoria criativa especializada em mulheres.

Como parte da campanha das marcas, o banco tem 50 imagens que retratam a diversidade de tipos de peles em seus tons, texturas e características, considerando recortes de perfis vistos na população feminina brasileira. As imagens também estão nas campanhas digitais e serão de domínio público, podendo ser pegar no site do Grupo Boticário e na Adobe Stock.

“Identificamos a necessidade de trazer as mulheres brasileiras como representantes da beleza que queremos comunicar com nossas marcas. Queremos, cada vez mais, representar uma beleza livre de estereótipos e idealizar o banco de imagens nos permite avançar nessa jornada”, diz Renata Gomide, diretora de marketing do Grupo Boticário.

Criado pela consultoria criativa 65|10, o projeto Mulheres (In)Visíveis tem como objetivo estampar em imagens publicitárias a mulher brasileira em seus diversos perfis, destacando suas singularidades. "Oferecer ao universo da comunicação ferramentas para um retrato mais amplo e fiel das mulheres brasileiras é o sonho por trás do Mulheres (In)Visíveis, o banco de imagens das mulheres que a publicidade não mostra" afirma Thais Fabris, fundadora do 65|10.

Segundo ela, chegar à terceira edição do projeto que nasceu em 2016 é extremamente importante em um momento em que a brasileira está cada vez mais olhando para a relação com a sua pele e considerando fatores como raça, idade e saúde.

As fotos, feitas pela cearense Karla Brights, retratam diferentes etnias, tons, texturas e características como melasma e vitiligo. As 50 imagens estarão disponíveis para download no Adobe Stock, uma das principais plataformas de armazenamento de imagens do mercado, com mais de 100 milhões de imagens disponíveis.

ESG no Grupo Boticário

Sendo um dos maiores conglomerados de beleza do mundo, a marca reforçou no começo de 2021 sua agenda ESG com o lançamento de 16 compromissos de futuro, sendo seis deles com o propósito de alavancar a diversidade, equidade e inclusão até 2030. A chegada do banco vem para complementar o compromisso #13 - Garantir que a comunicação das marcas represente a população brasileira, sem vieses e estereótipos de nenhum tipo até 2030.

Sobre o movimento Diversa Beleza:

O Diversa Beleza é um movimento liderado pelas marcas O Boticário, Quem Disse, Berenice?, Eudora, Vult, O.U.i e Australian Gold que tem como objeto questionar e ressignificar os estereótipos de beleza. Integra a agenda de Environmental, social and corporate governance (ESG) do Grupo Boticário, especialmente no que diz respeito à diversidade e prevê a retirada dos termos “normal” e “perfeito” de embalagens de novos produtos e comunicações até 2024.