7 perguntas sobre ESG que todo conselheiro deve fazer nas empresas

Segundo a PwC, há uma demanda por conselheiros com conhecimento sobre ESG. Porém, metade não considera o tema estrategicamente importante
A pressão aos conselheiros vem, principalmente, de acionistas e investidores (Morsa Images/Getty Images)
A pressão aos conselheiros vem, principalmente, de acionistas e investidores (Morsa Images/Getty Images)
Por Rodrigo CaetanoPublicado em 05/01/2021 11:23 | Última atualização em 01/04/2021 14:21Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Conselheiros empresariais precisam ficar atentos aos critérios ESG nas empresas. Segundo a consultoria PwC, conhecer com profundidade as estratégias socioambientais e de governança das suas empresas será uma exigência cada vez maior aos profissionais de conselho. Apesar disso, 46% dos conselheiros não acreditam que as mudanças ambientais causarão impacto à estratégia das companhias no futuro, e 58% afirma que a questão da desigualdade de renda não deve afetar o planejamento empresarial.

As empresas do futuro estão aqui. Conheça os melhores investimentos em ESG na EXAME Research

A pressão aos conselheiros vem, principalmente, de acionistas e investidores. “Questões envolvendo estratégia, remuneração da diretoria e governança do conselho têm sido os principais assuntos”, diz uma cartilha produzida pela consultoria, intitulada “ESG no conselho: o que os conselheiros precisam saber”. “Mas, os investidores se interessam cada vez mais pela supervisão de riscos.”

Para Maurício Colombari, líder ESG da PwC, a demanda por conselheiros com competências ESG, atualmente, é maior do que a oferta. “Houve uma mudança no perfil dos conselhos”, afirma Colombari. “Daqui para frente, esse tipo de conhecimento passará a ser uma exigência.”

Assine a newsletter Exame.ESG e descubra como a sustentabilidade empresarial impacta diretamente a performance de seus investimentos 

A atuação dos conselhos é importante em dois aspectos principais: na inclusão de critérios ESG na estratégia da companhia e na comunicação com o mercado. Segundo a PwC, os conselheiros precisam estar atualizados sobre as atividades da empresa e preparados para responder a perguntas dos investidores. Mais da metade dos conselheiros afirmam que se relacionam diretamente com acionistas.

Nesse sentido, a consultoria elaborou um guia de sete perguntas que todos os conselheiros precisam fazer à administração sobre ESG:

Made with Flourish