Economia

Setor de serviços da zona do euro segue em expansão em abril

Londres - O setor de serviços da zona do euro cresceu mais que o anteriormente estimado em abril, sugerindo que a crise da Grécia não teve um impacto muito forte sobre a atividade. O índice Markit foi revisto para cima, de uma leitura preliminar para abril de 55,5 para um número final para o mês […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de maio de 2010 às 07h58.

Londres - O setor de serviços da zona do euro cresceu mais que o anteriormente estimado em abril, sugerindo que a crise da Grécia não teve um impacto muito forte sobre a atividade.

O índice Markit foi revisto para cima, de uma leitura preliminar para abril de 55,5 para um número final para o mês de 55,6. O dado ficou acima da leitura de 54,1 de março e foi o maior desde setembro de 2007.

O índice composto, que inclui o setor de serviços e o indicador manufatureiro divulgado recentemente, ficou em 57,3 em abril, bem acima da marca de 50 que divide a contração do crescimento.

Se sustentável, esse nível aponta para um forte crescimento da economia no segundo trimestre, segundo o Markit.

Acompanhe tudo sobre:AlemanhaCrise gregaCrises em empresasEuropaGréciaPaíses ricosPiigsUnião Europeia

Mais de Economia

Qual é a diferença entre bloqueio e contingenciamento de recursos do Orçamento? Entenda

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Fazenda mantém projeção do PIB de 2024 em 2,5%; expectativa para inflação sobe para 3,9%

Mais na Exame