A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Rússia proíbe importação de doces da Ucrânia

A Rússia vetou importação de doces da Ucrânia, em meio ao conflito no leste ucraniano

Moscou - A Rússia anunciou nesta sexta-feira que proibiu a importação de doces da Ucrânia, um novo tipo de produto vetado por Moscou coincidindo com o conflito no leste da ex-república soviética.

A agência de proteção do consumidor Rospotrebnadzor anunciou ter tomado esta medida depois de detectar incorreções nos rótulos de duas empresas ucranianas.

"Com o objetivo de garantir os direitos dos consumidores, a Rospotrebnadzor (...) suspende a importação ao território da Federação Russa dos produtos doces fabricados na Ucrânia", indicou a agência em um comunicado.

No ano passado, Moscou já havia proibido o chocolate produzido pela companhia ucraniana Roshen, controlada pelo pró-ocidental Petro Poroshenko, atual presidente da Ucrânia.

A Rússia também proibiu outros tipos de produtos, incluindo os lácteos, os sucos e a cerveja da Ucrânia por supostas falhas na qualidade.

O conflito ucraniano coloca em lados opostos as forças de Kiev e os separatistas pró-russos do leste do país, apoiados, segundo os ocidentais, pela Rússia, que nega estas alegações.

A Rússia também suspendeu a importação de vários alimentos e produtos agrícolas procedentes do Ocidente, em resposta às sanções que europeus e americanos impuseram a Moscou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também