Previdência social tem déficit de R$ 2,757 bi em junho

O dado representa uma alta de 38,1% frente ao déficit de R$ 1,997 bilhões registrado em igual mês do ano passado

Brasília - A Previdência Social registrou déficit de 2,757 bilhões de reais em junho, informou nesta quarta-feira o Ministério da Previdência Social.

O dado representa uma alta de 38,1 por cento frente ao déficit de 1,997 bilhões de reais registrado em igual mês do ano passado, de acordo com o dado corrigido pela inflação.

"Em junho a arrecadação nao cresceu no mesmo patamar que em meses anteriores", disse a jornalistas o secretário de Políticas Previdenciárias, Leornardo Rolim.

"Não dá para avaliar se é um fenômeno específico ou se é algo que indique tendência", acrescentou dizendo que é preciso esperar o resultado de julho "para ver se é tendência".

No primeiro semestre deste ano, o déficit da Previdência foi de 20,780 bilhões de reais, representando uma alta real de 0,1 por cento sobre o resultado acumulado em igual período do ano passado.

A arrecadação líquida nos seis primeiros meses de 2012 foi de 127,103 bilhões de reais, contra despesas com o pagamento de benefícios no primeiro semestre de 147,883 bilhões de reais.

Para este ano, o Ministério da Previdência Social aposta em um déficit de 39 bilhões de reais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.