PMIs da China alimentam que economia está estabilizando

Os setores industrial e de serviços do país tiveram suas melhores performances em vários meses em maio

Pequim - Os setores industrial e de serviços da China tiveram suas melhores performances em vários meses em maio uma vez que a demanda se recuperou, mostraram pesquisas Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), alimentando o otimismo de que a economia pode estar se estabilizando após um fraco início de ano.

O PMI final do HSBC/Markit subiu para 49,4 em maio, máxima de quatro meses e acima dos 48,1 de abril. Embora a leitura final ainda tenha ficado abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração, a melhora provocou esperanças de que a economia está melhorando.

Isso foi refletido em uma aceleração similar no crescimento do setor de serviços, em que o PMI divulgado pelo governo avançou para a máxima de seis meses de 55,5, após 54,8 em abril.

Os resultados das pesquisas são um bom presságio para os dados econômicos da China que serão divulgados a partir de 8 de junho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.