Mercado reduz perspectiva para Selic e para inflação neste ano

Boletim Focus, do Banco Central, mostra que mercado financeiro prevê mais um corte, de 0,25%, na taxa de juros e inflação mais baixa, em 3,47%

São Paulo — O mercado passou a ver a taxa básica de juros ainda mais baixa neste ano, com arrefecimento da alta dos preços, mostrou a pesquisa Focus que o Banco Central divulgou nesta segunda-feira.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou que a expectativa é de que a Selic termine 2020 a 4,25%, de 4,50% esperados antes, com um corte de 0,25 ponto percentual esperado para fevereiro. Para 2021 permanece a perspectiva de juros básicos a 6,25%

A Selic terminou 2019 a 4,5%, nova mínima histórica, após novo corte de 0,5 ponto percentual em dezembro. Recentemente o mercado fortaleceu apostas de corte de juro diante de expectativa de alívio da inflação dado o ritmo mais fraco da economia no fim do ano passado.

Com isso, o cenário geral se alinha ao do Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, que continua vendo a Selic a 4,25% este ano e a 6,25% no próximo.

O levantamento semanal apontou ainda que a expectativa para a alta do IPCA caiu a 3,47% este ano, de 3,56% antes, permanecendo em 3,75% para 2021.

O centro da meta oficial de 2020 é de 4% e, de 2021, de 3,75%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), os economistas continuam vendo crescimento de 2,31% este ano e de 2,50% em 2021.

Veja abaixo as principais projeções do mercado para a economia brasileira, de acordo com a pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras:

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.