Acompanhe:

Os dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação mostraram que a indústria de construção naval da China ocupa o primeiro lugar no mundo em três indicadores principais por 14 anos consecutivos, tornando-se o único país a alcançar um crescimento abrangente em todos esses indicadores.

Os dados mais recentes indicam que, em 2023, a China completou a construção naval de 42,32 milhões de toneladas de porte bruto, um aumento de 11,8% em relação ao ano anterior; recebeu novos pedidos de 71,20 milhões de toneladas de porte bruto, um aumento de 56,4%; e até o final de 2023, tem em mãos pedidos de 139,39 milhões de toneladas de porte bruto, um aumento de 32,0%, marcando a primeira vez que todos os indicadores registraram um crescimento de dois dígitos.

Em 2023, a indústria de construção naval da China não só continuou liderando globalmente nos três indicadores principais, mas também apresentou novos destaques. Nas estatísticas da indústria de construção naval da China de 2023, é possível observar que os três indicadores representam, respectivamente, 50,2%, 66,6% e 55,0% da participação no mercado internacional, ultrapassando 50% pela primeira vez.

Segundo os dados, a quantidade de novos pedidos de navios de alta tecnologia e alto valor da China atingiu um novo pico desde 2008, e a participação da China no mercado internacional de novos pedidos de navios com propulsão verde também tem crescido ano a ano, alcançando 57% em 2023. Isso indica que mais da metade dos novos navios de energia nova do mundo serão produzidos na China no futuro.

Não apenas a indústria de construção naval lidera em termos de indicadores de dados, mas também, com a entrega e operação do primeiro grande navio de cruzeiro produzido na China, o país alcançou em 2023 um novo marco na capacidade de construção e montagem geral de uma gama completa de produtos navais e marítimos. Li Yanqing, secretário-geral da Associação da Indústria de Construção Naval da China, disse: “Usamos uma cadeia industrial grande, completa e forte para atrair atenção global para a construção naval chinesa, algo que não é encontrado em outros países. Isso é uma vantagem única que temos, não apenas na construção naval em si, mas no progresso de toda a cadeia industrial.”

Em 2023, o “Produção, armazenamento e descarregamento flutuantes” de grande porte, conhecido como “refinaria de petróleo flutuante”, foi entregue em lotes, e o primeiro grande navio de cruzeiro nacional, o “Adora Magic City”, foi oficialmente entregue para operação. A sucessão desses “instrumentos pesados nacionais” marca a capacidade da China de montar uma gama completa de produtos navais e marítimos.

Não só a China pode construir qualquer tipo de navio, mas também, em 2023, a China liderou globalmente em novos pedidos para 14 dos 18 principais tipos de navios, com novos pedidos de navios graneleiros, petroleiros, navios porta-contêineres e navios de transporte de automóveis representando, respectivamente, 79,6%, 72,1%, 47,8% e 82,7% do total mundial. A enxurrada de pedidos de alto valor agregado não só trouxe benefícios financeiros reais, mas também deu às empresas de construção naval chinesas confiança para se desenvolver.

Li Yanqing acrescentou: “Os estaleiros chineses têm uma forte capacidade de operar de forma diversificada, e a resiliência e flexibilidade da cadeia de suprimentos e da cadeia industrial são evidentes.”

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Biden quer triplicar tarifas sobre aço e alumínio chineses
Mundo

Biden quer triplicar tarifas sobre aço e alumínio chineses

Há 10 horas

Biden quer triplicar tarifas sobre aço e alumínio chineses
Economia

Biden quer triplicar tarifas sobre aço e alumínio chineses

Há 13 horas

Bolsas na Ásia voltam a cair e índice de referência "apaga" ganhos do ano
seloMercados

Bolsas na Ásia voltam a cair e índice de referência "apaga" ganhos do ano

Há 14 horas

Chefes da Defesa de EUA e China se reúnem pela primeira vez em 18 meses
Mundo

Chefes da Defesa de EUA e China se reúnem pela primeira vez em 18 meses

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais