Inadimplência de empresas sobe 18,8% em março

Essa é a maior alta em dois anos para esse mês

Rio de Janeiro - A inadimplência das empresas cresceu 18,8 por cento em março na comparação anual, a maior alta em dois anos para esse mês, informou nesta segunda-feira a Serasa Experian.

Em relação a fevereiro, houve uma alta de 11,6 por cento, e no período de janeiro a março de 2012 as pessoas jurídicas inadimplentes cresceram em 21,1 por cento em relação ao primeiro trimestre de 2011.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o maior número de dias úteis em março contribuiu para a alta anual, já que março do ano passsado teve menos dias úteis, por causa do Carnaval.

Já a alta mensal também foi ajudada pelo menor número de dias úteis em fevereiro.

Além disso, "o aumento da inadimplência do consumidor e o crédito para empresas ainda com juros elevados também pressionaram a inadimplência", informou a Serasa em nota.

A inadimplência do consumidor brasileiro teve em março a primeira alta mensal deste ano, de 4,9 por cento sobre fevereiro.

No primeiro trimestre do ano, as dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água) tiveram um valor médio de 783,40 reais, crescimento de 3,4 por cento sobre o mesmo intervalo de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.