Em uma semana, EUA distribuíram US$ 12,4 bi para ajudar aéreas

Dinheiro deve ser utilizado para pagar salários e benefícios dos funcionários das empresas, profundamente impactadas pela pandemia da covid-19

O Tesouro dos Estados Unidos já distribuiu US$ 12,4 bilhões em ajuda do governo federal a companhias aéreas desde segunda-feira quando começou a ajuda às empresas do setor, cerca de metade da quantia total que o Congresso americano autorizou para garantir o emprego dos funcionários destas empresas em meio à crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

O pacote de estímulos ficais de US$ 2,2 trilhões aprovado no último mês incluiu a quantia de US$ 25 bilhões em ajuda a empresas aéreas, dinheiro que deve ser utilizado para pagar salários e benefícios dos funcionários até setembro.

A demanda por viagens despencou com as medidas de isolamento social impostas por governos mundiais, com as empresas do setor cortando voos para tentar adequar a demanda, mas mesmo assim enfrentando cancelamentos diários por falta de passageiros.

O Tesouro não especificou quais empresas estão recebendo ajuda, somente dizendo que 11 grandes empresas e 82 companhias de menor alcance foram contempladas, e que vão continuar a receber pagamentos de forma programada.

As 12 maiores empresas do setor nos Estados Unidos, incluindo United Airlines, Delta, American Airlines e Southwest Airlines, se inscreveram para o programa de ajuda, que tem como contrapartida a promessa de não demitir ou suspender contratos de funcionários até outubro.

Foram iniciadas também as inscrições para o empréstimo de US$ 17 bilhões a empresas consideradas essenciais à segurança nacional dos EUA, como a Boeing, que produz aeronaves militares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.