China diz que adaptará política monetária quando necessário

Governo vai reduzir mais os custos administrativos para empresas e elevar o impacto das reduções na taxa de compulsório para alguns bancos

Pequim – A China vai adaptar de forma preventiva sua política monetária quando for necessário para manter o crescimento estável na segunda maior economia do mundo, afirmou o gabinete do país nesta sexta-feira, após uma reunião semanal.

Para sustentar o crescimento, o governo vai reduzir mais os custos administrativos para empresas e elevar o impacto das reduções na taxa de compulsório para alguns bancos, disse o governo em um comunicado online.

A política monetária também será mantida prudente e as autoridades vão garantir crescimento estável na oferta de crédito, acrescentou.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.