Bancos espanhois reduzem sua dívida com o BCE

A dívida diminuiu pelo quinto mês consecutivo

Madri - A dívida líquida dos bancos espanhois com o Banco Central Europeu (BCE) diminuiu em janeiro pelo quinto mês consecutivo, a 298,664 bilhões de euros, segundo cifras divulgadas nesta quinta-feira pelo Banco da Espanha.

Esta cifra, indicador da capacidade dos bancos espanhois de recorrer aos mercados invés do BCE para financiar-se começou a diminuir em setembro, depois de alcançar um nível recorde de 388,7 bilhões de euros em agosto.

Vários grupos espanhois anunciaram recentemente que começaram a reembolsar os fundos que pediram ao BCE, dentro do programa de liquidez e que continuarão a fazê-lo ao longo de 2013.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também