Anac estima alta de 6% na demanda doméstica em 2014

Apesar do recorde de 90 milhões de passageiros em voos internos registrado no ano passado, o crescimento ante 2012 foi de apenas 1,37%

Brasília - O diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, estimou nesta quarta-feira, 15, que a tendência é que demanda doméstica por voos no Brasil aumente cerca de 6% em 2014.

Apesar do recorde de 90 milhões de passageiros em voos internos registrado no ano passado, o crescimento ante 2012 foi de apenas 1,37%.

De acordo com ele, o resultado deste ano não deve ser influenciado pela Copa do Mundo realizada entre os meses de junho e julho.

"Apesar do forte aumento de turistas durante o Mundial, a aviação executiva praticamente parou nesse período. Então um movimento compensou o outro", completou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.