• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

Secretaria do Rio: pacientes com variante Delta tiveram sintomas de gripe

Segundo a Secretaria municipal de Saúde, os pacientes têm faixa etária entre 12 e 72 anos, sendo a maioria adultos (73,9%)
A maior parte teve uma síndrome gripal (95,6%) (Getty Images/Fabio Teixeira/Anadolu Agency via)
A maior parte teve uma síndrome gripal (95,6%) (Getty Images/Fabio Teixeira/Anadolu Agency via)
Por Agência O GloboPublicado em 20/07/2021 07:59 | Última atualização em 20/07/2021 07:59Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A Secretaria municipal de Saúde detalhou ao GLOBO o perfil e o estado de saúde dos 23 pacientes que tiveram diagnóstico confirmado para a infecção pela variante Delta do coronavírus. Todos tiveram sintomas de Covid-19. Contudo, 22 dos infectados tiveram síndrome gripal — o outro teve síndrome respiratória aguda grave.

  • Quer saber tudo sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 no Brasil e no Mundo? Assine a EXAME e fique por dentro.

De acordo com o manual de manejo clínico do Sistema Único de Saúde, composto pelo Ministério da Saúde, "síndrome gripal" significa um conjunto de sintomas parecidos com os da gripe: tosse, febre e dor de garganta, além de dor na cabeça, nos músculos ou nas articulações. Já a "síndrome respiratória aguda grave" engloba, além dos sintomas de síndrome gripal, qualquer um dos seguintes itens: dispneia (falta de ar), desconforto respiratório, saturação de oxigênio menor que 95% ou exacerbação de doença preexistente.

Ainda segundo a SMS, os pacientes têm faixa etária entre 12 e 72 anos, sendo a maioria adultos (73,9%). São 13 casos de pessoas do sexo feminino (56,5%) e 10 do sexo masculino (43,5%). A maior parte teve uma síndrome gripal (95,6%) e um caso precisou de internação por síndrome respiratória aguda grave (4,4%), já tendo recebido alta.

A investigação epidemiológica está em curso pelas equipes da Vigilância em Saúde da SMS. Segundo a secretaria, os casos investigados até o momento não têm histórico de viagem. Os pacientes e seus contatos próximos estão sendo investigados e monitorados pela Vigilância em Saúde.

"Independentemente da variante, ressalta-se a importância da aderência da população à imunização contra a COVID-19 conforme calendário de vacinação divulgado pela SMS Rio. Assim como se reforça que as medidas preventivas são as mesmas. A população deve manter o distanciamento, usar máscaras e higienizar as mãos com álcool 70 ou, quando possível, água e sabão", diz a SMS.