Farmacêutica MSD inicia teste avançado de remédio contra covid

O medicamento antiviral será estudado em mais de 1.300 voluntários para analisar se ele impede a disseminação do coronavírus
 (Pixabay/Reprodução)
(Pixabay/Reprodução)
Por ReutersPublicado em 01/09/2021 11:26 | Última atualização em 01/09/2021 11:26Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A farmacêutica Merck Sharp & Dohme (MSD), nos Estados Unidos Merck & Co Inc, e sua parceira Ridgeback Biotherapeutics anunciaram nesta quarta-feira que iniciaram a inclusão de pacientes no estágio avançado de testes do medicamento experimental molnupiravir para a prevenção da infecção pela Covid-19.

  • Quais são os maiores desafios da ciência em 2021? Entenda assinando a EXAME.

O medicamento antiviral administrado por via oral será estudado em mais de 1.300 voluntários para analisar se ele impede a disseminação do coronavírus.

A farmacêutica disse em junho que o governo dos Estados Unidos concordou em pagar cerca de 1,2 bilhão de dólares por 1,7 milhão de unidades de seu tratamento experimental para a Covid-19, caso ele se prove eficaz em teste em estágio avançado, separado e em andamento autorizado pelos reguladores norte-americanos.

O novo estudo em estágio avançado está incluindo pacientes com pelo menos 18 anos de idade e que estejam no mesmo domicílio de alguém infectado com Covid-19 sintomática.