Caçadores de furacões entram no poderoso Irma; veja vídeos

Em aviões equipados com estações meteorológicas, cientistas entraram no furacão que está devastando ilhas no Caribe e segue em direção aos Estados Unidos

São Paulo - Um dos mais poderosos furacões já registrados no Oceano Atlântico, Irma está varrendo ilhas caribenhas. Avançando em direção à República Dominicana e o Haiti nesta quinta-feira, seguirá por Cuba e chegará aos Estados Unidos. A ONU estima que 37 milhões de pessoas sejam afetadas por ele.

Para entender melhor o furioso Irma, um grupo de cientistas do NOAA, o centro americano de monitoramento atmosférico, voaram até o centro desse furacão. A expedição cujos membros são apelidados de “caçadores de furacões”, usa aeronaves equipadas com estações meteorológicas para coletar dados sobre o fenômeno.

Uma parte dos pesquisadores se aventurou no olho de Irma, enquanto outra observou as suas laterais. Estima-se que o olho esteja se movimentando a 26 km/h e que tenha 50 quilômetros de diâmetro. Seus ventos já atingiram 295 km/h, mas ainda podem chegar a até 300 km/h durante a passagem pela República Dominicana e o Haiti, que ainda se recupera da devastação deixada por outro furacão, o Matthew, em 2016.

Abaixo, veja os vídeos que mostram como é o furacão Irma.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.