Acompanhe:

Montblanc apresenta sua assinatura de som ao lançar novos fones de ouvido

"Quisemos fazer algo que realmente seja um companheiro, mas sem precisar sacrificar a funcionalidade", diz Felix Obschonka, Diretor de Novas Tecnologias da Montblanc sobre o MTB 03

Modo escuro

Continua após a publicidade
MTB 03: os primeiros fones intra-auriculares da Montblanc. (Montblanc/Divulgação)

MTB 03: os primeiros fones intra-auriculares da Montblanc. (Montblanc/Divulgação)

Qual a relação entre uma caneta e um fone de ouvido? Para a Montblanc, tanto a audição quanto a caligrafia possuem assinaturas pessoais. Especialista em instrumentos de escrita desde 1906, a marca alemã apresenta seu primeiro fone de ouvido intra-auricular sem fio, o MTB 03. “Não somos uma marca especialista em tecnologia, mas temos produtos tecnológicos e o expertise em desenvolver a melhor sensação de escrita para nossos clientes, e é exatamente isso que um fone de ouvido também deve ser”, diz Felix Obschonka, Diretor de Novas Tecnologias da Montblanc.

Baseados na coleção Montblanc Meisterstück, o MTB 03 é feito em resina preta com o emblema branco da Montblanc, que lembra a superfície do instrumento de escrita. Com ajuste ergonômico, os fones de ouvido foram desenvolvidos para toda a jornada diária, da academia às reuniões, oferecendo cancelamento de ruído e resistência à água.

Protegido dentro de um estojo de alumínio revestido em preto, os fones podem ser carregados longe da tomada, com recurso de carregamento sem fio. Para criar o som do MTB 03, a Montblanc recorreu ao renomado engenheiro de som Axel Grell, que ajustou os componentes de hardware premium a um nível elevado. Com a contribuição de Grell, a Montblanc criou uma afinação de áudio balanceada: a Montblanc Sound Signature.

Em entrevista a EXAME, Felix Obschonka, Diretor de Novas Tecnologias da Montblanc explica sobre o desenvolvimento do MTB 03.

MTB 03: os primeiros fones intra-auriculares da Montblanc. (Montblanc/Divulgação)

Assim como a caligrafia, a audição também possui características próprias de cada indivíduo. Quais são as personalizações disponíveis do MTB 03?

Eu acho que se você olhar para a audição, é basicamente um dos sentidos mais diretos que temos como seres humano, porque obtemos feedback direto ao ouvir. E há limitações, algumas pessoas não ouvem tão bem, enquanto outras escutam frequências melhores. Mas, também há um gosto quando se trata de ouvir, algumas pessoas podem apreciar um certo som ou um certo estilo musical, mas outras podem não gostar. Portanto, para nós, a primeira tarefa quando olhamos para a audição foi entender a noção mais ampla de audição e como ela também se conecta à nossa marca e, na Montblanc, estávamos analisando diferentes aspectos, como você disse ao escrever. Também analisamos a importância da audição, da música e de todas essas noções.

Qual é a ligação da música com a Montblanc?

Temos muitas edições de escritores diferentes. Temos a edição dos Beatles, a edição Jimi Hendrix, a edição Beethoven e assim por diante. A maioria dos músicos realmente usa instrumentos de escrita para criar notas em um pedaço de papel. Então, basicamente, a música já está um tanto embutida na marca, mas nunca foi transportada para um produto real. A primeira coisa que tivemos que fazer foi pensar sobre o que realmente significa ouvir música, o que foi um processo para aprender sobre como a audição é subjetiva.

E como foi o processo de produção do MTB 03?

Eu e o Axel [Grell] compartilhamos a mesma paixão. Ele vem do mundo da música, enquanto eu trabalho com a tecnologia da marca. Tivemos muitas discussões e basicamente conversamos muito para chegar a uma assinatura de som. É um pouco engraçado chamar "assinatura de som" porque é tão comum para Montblanc se referir à assinatura com a escrita, e agora temos essa assinatura com os fones de ouvido. Ao longo de dois anos tivemos esse processo iterativo em que basicamente ouvimos muitas assinaturas de som diferentes, e testamos com nossos clientes, perguntando sobre gostos pessoais e subjetivos. Ao longo de todo o processo, produzimos algo que reflete muito em nossa marca. Essa é uma parte em que basicamente nos concentramos em obter: um som móvel personalizado.

Como é a personalização do som?

Isso é algo que virá em um futuro próximo, em como personalizar o som para sua audição pessoal. Por exemplo, se você tiver uma certa perda auditiva, ou se tiver deficiência auditiva com certas frequências, os fones basicamente irão equilibrar as frequências para tornar a música e os sons agradáveis, da maneira em que o artista pretendia ao produzir a música. Este novo modelo estará disponível em setembro deste ano.

Você mencionou a importância da assinatura do áudio, como foi desenvolver o produto pensando no design? Pois, os fones precisam, sobretudo, ser leves e confortáveis.

Sim. E algo bom da Montblanc é que já temos um ícone, o Montblanc Meisterstück. Se você pensar em torno do instrumento de escrita, temos um design minimalista muito clássico, mas funcional e até certo ponto impressionante. Assim, decidimos transferir tais características para os fones de ouvido. Então, basicamente, o que fizemos foi pegar muitas inspirações em termos de materialidade, e otimizar o peso e o tamanho dos fones. Digitalizamos muitas orelhas diferentes com scanners 3D para otimizar as ponteiras e o corpo, porque eventualmente, sim, os fones precisam ter uma boa aparência. Queremos que as pessoas vejam outros usando e pensem 'Uau, adoro a aparência dos fones de ouvido'. Mas, no fim, o que importa é o conforto.

São fones para serem usados em qualquer momento do dia, incluindo durante a prática esportiva?

Eu preciso dizer algo importante, eu construí os fones de ouvido para mim. Eu faço muitos esportes e sempre disse que os problemas eram os fones de ouvido, porque quando faço burpees ou polichinelos, ou se vou correr, geralmente eles caem depois de algum tempo. Quisemos fazer algo que realmente seja um companheiro, mas sem precisar sacrificar a funcionalidade e isso é basicamente um dos aspectos mais importantes para nós.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Tomorrowland Brasil anuncia nova edição em 2024 com melhorias; veja datas e como comprar
Pop

Tomorrowland Brasil anuncia nova edição em 2024 com melhorias; veja datas e como comprar

Há 4 horas

História de Chorão, do 'Charlie Brown Jr', vai virar filme, onze anos após morte do cantor
Pop

História de Chorão, do 'Charlie Brown Jr', vai virar filme, onze anos após morte do cantor

Há 9 horas

Releitura de clássicos: Cartier apresenta seus relógios-joias no Watches & Wonders 2024
Casual

Releitura de clássicos: Cartier apresenta seus relógios-joias no Watches & Wonders 2024

Há 15 horas

O relógio da Montblanc que pode mergulhar a 4.810 metros de profundidade
Casual

O relógio da Montblanc que pode mergulhar a 4.810 metros de profundidade

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais