Casual

Com vendas em alta, Zegna lança livro sobre seu “oásis de sustentabilidade”

A marca de moda masculina italiana celebra projeto de reflorestamento na fábrica de lã em momento em que dobra o lucro

Livro Born in Oasi Zegna: história de projeto de sustentabilidade (Zegna/Divulgação)

Livro Born in Oasi Zegna: história de projeto de sustentabilidade (Zegna/Divulgação)

Ivan Padilla
Ivan Padilla

Editor de Casual e Especiais

Publicado em 15 de abril de 2024 às 12h44.

O livro "Born in Oasis Zegna" não é uma biografia de Ermenegildo Zegna, seu fundador. Não é uma história cronológica dessa grife italiana centenária. Também não é uma homenagem à moda masculina, território que a Zegna ajudou a formatar ao longo de décadas.

Mas trata-se de uma obra fundamental para entender os rumos da marca neste momento. O livro fala como criador da marca concebeu o chamado Oasi Zegna, uma área de 100 quilômetros quadrados nos Alpes de Biella, em Piemonte, no norte da Itália.

No início do século passado, Ermenegildo Zegna empreendeu um vasto programa de reflorestamento na área montanhosa que rodeava sua fábrica de lã e, pela primeira vez, conectou os dois lados da montanha através da construção da Estrada 232.

O projeto de reflorestamento e desenvolvimento da comunidade local que deu origem ao Oasi Zegna agora conta com mais de 500.000 árvores e, segundo a marca, promove a coesão e a harmonia entre humanos, indústria e natureza.

Lucrou dobrou em 2023, em total de 135 milhões de euros

O livro que conta a história do Oasi Zegna está dividido em quatro capítulos, como se fosse as quatro estações. “Winter Dawns” fala sobre as bases da empresa, o início da grife e do projeto de sustentabilidade.

“Spring Blown” é centrado nesse espírito pioneiro dos primeiros tempos. “Summer Energy” fala sobra a expansão da marca e seus valores. E “Autumn Echo” mostra a proteção ao ambiente, os movimentos contemporâneos e a chegada do quiet luxury.

Páginas do livro Born in Oasi Zegna

Páginas do livro Born in Oasi Zegna: sem ordem cronógica (Zegna/Divulgação)

A obra foi pensada como um livro de mesa, sem ordem cronológica e pode ser comprado nas lojas da marca. Para marcar o lançamento e celebrar o Oasi Zegna, a grife organizou uma exposição nesta semana, em que acontece o Salone del Mobile, em Milão.

Também em Milão os novos canteiros na Piazza Duomo serão oficialmente doados pela marca, com inauguração nesta sexta-feira 19 de abril. Tudo isso acontece em um momento particularmente favorável para a Zegna. O lucro do grupo, que inclui ainda Thom Browne e Tom Ford, mais do que dobrou em 2023, alcançando 135,7 milhões de euros. No mesmo período, o faturamento cresceu 27%, em um total de 2 bilhões de euros.

Acompanhe tudo sobre:ModaItáliaLivrosSustentabilidade

Mais de Casual

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Dia das Mães: 7 ideias para incrementar o café da manhã

As estratégias da maior joalheria do mundo para colocar o Brasil em primeiro lugar na América Latina

Os melhores restaurantes de Belo Horizonte segundo o ranking EXAME Casual 2024

Mais na Exame