Aos 50, Slater vence Pipeline: outros casos de longevidade impressionante

Superatletas mostram que idade não é problema e acumulam prêmios e títulos com performance de alto nível nas últimas décadas
O maior nome da história do surfe se tornou o atleta mais velho a conquistar uma etapa do circuito mundial (Getty Images/Jeff Gross)
O maior nome da história do surfe se tornou o atleta mais velho a conquistar uma etapa do circuito mundial (Getty Images/Jeff Gross)
Por Da redaçãoPublicado em 06/02/2022 12:29 | Última atualização em 06/02/2022 12:29Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Prestes a completar 50 anos de idade (no dia 11 de fevereiro), o 11 vezes campeão mundial de surfe Kelly Slater conquistou no último sábado, dia 5 de fevereiro, a primeira etapa da temporada 2022 do Circuito Mundial de Surfe, que foi disputada em Pipeline (Havaí). Para alcançar este feito o norte-americano superou na decisão o havaiano Seth Moniz.

Com o título, alcançado ao superar o local por 18,77 (com direito a um 9,00 ao completar um tubo de backdoor) a 12,53, o maior nome da história do surfe se tornou o atleta mais velho a conquistar uma etapa do circuito mundial.

O surfista é um dos superatletas que apresentam uma performance impressionante após anos de carreira. O astro americano Tom Brady, 44 anos, também está na lista. Ele é um dos jogadores que mais tempo ficaram no futebol americano. Ele consquistou sete títulos de Super Bowl e alguns outros recordes pessoais, como de mais jardas aéreas (84.520), mais passes para touchdown (624), mais vitórias por um quarterback (243), e mais passes completos na carreira (7.263). Na última semana, o maior quarterback da história, anunciou a sua aposentadoria após 22 temporadas na NFL.

Outros dois atletas que estão jogando há mais de duas décadas em alto nível são os tenistas Roger Federer (40 anos) e Rafael Nadal (35). No final de janeiro, o espanhol bateu o russo Daniil Medvedev, de 25 anos, na final do Aberto da Australia. Após uma virada histórica, em jogo que demorou 5h24, Nadal se tornou o maior vencedor de Grand Slams. Roger Federer também é considerado uma lenda do esporte. O suíço, que passou por duas cirurgias no joelho, deve retomar às quadras este ano. Federer ganhou 20 títulos de Grand Slam, o primeiro em 2003.

Completa a lista ainda, o atacante do Manchester United, Cristiano Ronaldo, que chegou aos 37 anos, no último sábado. O jogador, que coleciona títulos, ganhou cinco Bolsa de Ouro, dois Fifa The Best, além de ganhar cinco Liga dos Campeões, quatro Mundiais de Clubes e a Eurocopa de 2016. CR7 é o maior artilheiro da seleção de Portugal.