A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Uso da vírgula: entenda a principal regra para não errar

Professor de português mostra uma prática para não cometer um dos erros mais simples na hora de usar a vírgula

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais)

Em nossa Língua Portuguesa, a sintaxe é a parte da gramática que estuda a disposição das palavras na frase e das frases no discurso, bem como a relação lógica das frases entre si. Com o conhecimento sintático, compreende-se a organização das sentenças.

Quer atingir a profissão mais valorizada na pandemia? Vire um "dev" com o curso de Data Science e Negócios da EXAME. 

Para dominar o uso da vírgula, por exemplo, o conhecimento sintático é fundamental. Pela regra, não deve haver vírgula isolada (unitária) entre sujeito e verbo, tampouco entre verbo e objeto:

"A jornalista, avisou os colegas da alteração do horário." (vírgula inadequada)

"A jornalista avisou, os colegas da alteração do horário." (vírgula inadequada)

O leitor que não identifica a relação sujeito-verbo-objeto tem enormes dificuldades de pontuar adequadamente um texto; fica, por vezes, perdido em malabarismos de memorização, como o folclórico "a cada respirada, uma vírgula".

Com o estudo da sintaxe, virão também as observações em relação aos adjuntos adverbiais. Quando iniciam um período, essas palavras adverbiais devem - em tese - ser sinalizadas.

Vejamos duas sentenças muito adequadas:

"Na semana passada, eles pediram manifestações sobre a Reforma."
(na semana passada - adjunto adverbial de tempo)

"Após clima tenso, o Congresso anuncia nova votação."
(após clima tenso - adjunto adverbial de tempo)

Nota: a relação sujeito-verbo-objeto não foi separada por vírgula alguma.

Apesar disso, falta um padrão para o uso da vírgula diante de expressões adverbiais postas antes do sujeito. Recomendam muitas obras: expressões adverbiais simples (de curta extensão) devem fazer o uso facultativo da vírgula:

"Amanhã, o ministro convocará manifestantes."
(amanhã - advérbio simples de tempo)

"Ontem, o chefe pediu mais empenho."
(ontem - advérbio simples de tempo)

Entre os autores gramaticais e escritores clássicos, infelizmente não há acordo sobre o que vem a ser "longa" ou "curta" extensão.

"Recentemente, o país pediu mudanças."
(uso facultativo da vírgula)

"Depois de muitas denúncias, o país pediu mudanças."
(uso obrigatório da vírgula)

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Quer receber as dicas de carreiras, vagas de emprego e ficar por dentro das tendências do mercado de trabalho? Assine a newsletter aqui.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também