Carreira

28 destinos turísticos criaram vistos para nômades digitais — que valem para os brasileiros

Curaçao, Grécia, Hungria e Emirados Árabes foram alguns dos destinos turísticos que aproveitaram o anywhere office para criar vistos para nômades digitais. Veja a lista completa

Willemstad, capital de Curacao: visto de nômade digital vale por 6 meses no país (Divulgação/Getty Images)

Willemstad, capital de Curacao: visto de nômade digital vale por 6 meses no país (Divulgação/Getty Images)

Alguns executivos, como o bilionário Elon Musk, podem até exigir que os seus funcionários retornem ao escritório, mas a verdade é que esse comportamento é uma exceção.

Cada vez mais empresas entenderam que o trabalho remoto pós-pandemia veio para ficar e estão criando políticas para se adaptar a isso, sob o risco de perder talentos.

VEJA TAMBÉM:

Com a moradia deixando de ser restrita ao mesmo CEP do empregador, muitos profissionais estão aproveitando para mudar de cidade, estado e até mesmo de país, em um movimento conhecido como anywhere office.

De acordo com o site de rastreamento de tendências Exploding Topics, as pesquisas pelo termo "vistos para nômade digital" dispararam 376% no último ano.

"As pessoas querem viver novas experiências, oferecer oportunidades de vida mais interessantes para suas famílias, educar os filhos em um ambiente internacional e ter benefícios flexíveis. Esse movimento está definindo o mapa da economia global”, diz Diana Quintas, CEO da Fragomen, consultoria de imigração.

Por outro lado, destinos turísticos e países com pouca densidade populacional estão aproveitando a oportunidade e criando os próprios vistos para nômades digitais. Segundo dados da Fragomen, desde 2019, pelo menos 28 países disponibilizaram uma autorizações do tipo, incluindo o Brasil.

"O primeiro país a criar esse tipo de visto foi a Estônia, mas os todos os outros vieram pós-pandemia. Para os países é uma chance de reaquecer o turismo, mas ainda melhor, porque morando no país você consome mais do que passando férias", diz Quintas.

Como funcionam os vistos de nômade digital 

A especialista comenta que, salvo algumas peculiaridades, os vistos para nômade digitais são bastante parecidos entre si. A principal semelhança é a necessidade de comprovar vínculo com um empregador fora do país. Fora isso, a maioria também exige que os candidatos tenham uma renda mínima anual.

"Poucos oferecem a possibilidade de trabalhar porque a ideia é não competir com a mão de obra local", diz Quintas.

Alguns desses país também oferecem benefícios adicionais, como a possibilidade de levar cônjuges e filhos, ou vistos que também dão direito a outros documentos como carteira de motorista e conta bancária.

Entre a lista dos 28 países que adotaram o visto de nômade digital estão lugares paradisíacos e que talvez já tenham sido considerados destino de férias de algumas pessoas, como Curaçao e Grécia. Mas também há outros pouco conhecidos, como os arquipélagos de Seychelles e Monserrate.

Para todos, as autorizações são válidas para brasileiros que responderem aos critérios de renda e de emprego. Com tantas e variadas opções, Quintas acredita que o movimento de pessoas fazendo as malas e emigrando só começou.

"Antes da pandemia, 169 milhões de pessoas mudaram de país para trabalhar, em 2019. Esse patamar deve ser superado em breve já que só nos Estados Unidos o número de vistos negados caiu na administração Biden, fora as novas autorizações", diz.

"Isso quer dizer que mais empresas receberão solicitações do tipo dos seus funcionários. Se preparar e criar condições de que eles trabalhem em outro lugar vai ser um diferencial competitivo para as organizações", completa.

Veja a lista completa de países com vistos para nômades digitais:

 

País

Validade do visto 

Anguila

91 dias a 12 meses

Antígua e Barbuda 

2 anos
Argentina6 meses
Bahamas1 ano
Barbados 1 ano
Bermudas1 ano
Brasil1 ano
Cabo Verde180 dias
Ilhas Cayman 2 anos
Costa Rica1 ano
Croácia1 ano
Curaçao6 meses
Chipre1 ano
Dominica 18 meses 
Estônia90 dias ou 1 ano
Geórgia 180 dias
Grécia 1 ano
Hungria1 ano
Islândia90 a 180 dias
Malta1 ano
Ilhas Maurício1 ano
Montserrat1 ano
Panamá9 meses
Romênia180 dias
Seychelles1 ano
Emirados Árabes1 ano
Emirados Árabes (Dubai)1 ano

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.

Acompanhe tudo sobre:ArgentinaBahamasCroáciaEmirados ÁrabesEstôniaGréciahome-officeHungriaRomêniaVisto EUA

Mais de Carreira

"Quais são seus pontos fracos?": saiba como responder em uma entrevista de emprego

"Qual a sua pretensão salarial?": como responder a essa pergunta na entrevista de emprego

Adeus, hora extra? Inteligência artificial pode acabar com o maior pesadelo dos executivos

Programa de estágio de férias em Direito: escritório abre vagas com bolsa-auxílio de R$ 1.700

Mais na Exame