Bússola
Um conteúdo Bússola

Novo sistema da Oliveira Trust acelera 20 vezes o processamento de recebíveis

O braço de transformação digital e a equipe de negócios da companhia desenvolveram uma plataforma que acelera o processamento das operações

Plataforma oferece a possibilidade de ganho em escala (Oliveira Trust/Divulgação)

Plataforma oferece a possibilidade de ganho em escala (Oliveira Trust/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 3 de julho de 2023 às 20h00.

Última atualização em 4 de julho de 2023 às 10h42.

Com o objetivo de alavancar ainda mais a sua performance, a Oliveira Trust (OT), plataforma financeira digital referência em soluções para administração de fundos e serviços fiduciários, desenvolveu uma plataforma de recebíveis, chamada OCTO+, para controle da carteira de recebíveis. 

A plataforma oferece a possibilidade de ganho em escala, viabilizando o processamento de grandes volumes de recebíveis em um tempo hábil de modo que o cliente consiga ter mais facilidade e velocidade na negociação das operações.

A produtividade do sistema garante agilidade, praticidade e menos risco na antecipação dos recebíveis, tornando-se um diferencial competitivo aos clientes. Outro avanço importante é viabilizar ao cliente o acompanhamento diário da movimentação da operação e os valores processados em tela. Além disso, contribui para acelerar o processo, facilitando o download de arquivos e realizando o processamento deles com mais rapidez. 

“Com o OCTO+ o processamento de critérios de elegibilidade, incluindo filtros de carteira complexos com milhões de títulos em uma única cessão, pode levar poucos minutos.  Por exemplo, temos um fundo que roda cessões com 50 milhões de títulos em menos de 5 minutos”, afirma o CEO da companhia, José Alexandre Freitas.

Ainda segundo o executivo, a OT tem como destaque o pioneirismo tecnológico, buscando projetos inovadores para ampliar o desempenho e a eficiência. “Temos o propósito de melhorar a qualidade dos nossos serviços. A plataforma, totalmente escalável e personalizável, gera um diferencial competitivo inexistente no mercado atual, aumentando a velocidade da execução dos processos inerentes ao controle de carteira de recebíveis”, diz Freitas.

Antes da sua produção, a Oliveira Trust identificou os pontos fundamentais que deveriam ser contemplados pelo OCTO+ com a finalidade de preencher lacunas detectadas pela empresa em outros modelos disponíveis no mercado. Na prática, a empresa utilizou toda sua experiência para entregar um serviço mais completo e eficaz aos clientes. 

Dessa forma, o processo de desenvolvimento baseou-se no conceito de que precisava oferecer mais facilidade, escalabilidade e customização para atender clientes que buscam produtos diferenciados, qualidade na informação para o usuário conseguir extrair relatórios com excelência e se comunicar com a OT, além de ferramentas de integração para favorecer a comunicação com o cliente, utilizando o que há de mais novo em tecnologia no mercado.

Para construir o modelo, a OT selecionou cuidadosamente membros de equipes de negócio e de tecnologia para montar squads dedicados ao projeto, e utilizando o aprendizado adquirido durante os mais de 30 anos de atuação, estruturou a plataforma que abrange qualidade e velocidade, atendendo às necessidades dos clientes e da companhia. 

Tecnologia

A Oliveira Trust usa uma nova tecnologia em sua plataforma de informações, conhecida como banco de dados não relacional – o que revolucionou a forma de se lidar com os dados, trazendo uma alternativa moderna que oferece flexibilidade e robustez. Levando em consideração que a companhia trabalha com negócios personalizados, esse modelo torna possível a diversificação das características da ferramenta, sem a necessidade de remodelação ou do desenvolvimento completo de uma nova estrutura para atender necessidades específicas identificadas e exigidas por cada carteira de recebíveis. Além disso, o OCTO+ foi projetado com arquitetura de microsserviços, estratégia para que o serviço não fique obsoleto com o passar do tempo.

Para utilizar esse modelo de banco de dados, a OT firmou uma parceria com a empresa norte-americana MongoDB, que baseada na inovação do Modelo de Documentos, oferece uma plataforma de dados de uso geral e unificada para criação e modernização de aplicações, removendo a complexidade na arquitetura mesmo com alto volume de dados. Com a Solução Atlas MongoDB, o OCTO+ pôde ser criado com a mais moderna tecnologia de banco de dados do mercado, trazendo versatilidade, escalabilidade, segurança e resultados significativos em performance para o negócio da OT bem como para seus clientes. 

Acompanhando as novas tendências do mercado financeiro, o OCTO+ também apresenta grande importância para a tokenização, processo de transformação de ativos reais em ativos digitais. Os tokens são transacionados e negociados por meio da rede blockchain, que tem a função de livro-caixa e possui como principal característica o controle das movimentações. 

No entanto, os ativos, como os recebíveis de cartão de crédito, por exemplo, ainda precisam ser controlados e, nesse processo, entra em ação o OCTO+. Funciona da seguinte forma: o recebível real vai ser controlado na plataforma da Oliveira Trust por meio de uma conexão com a empresa emissora. Com isso, é possível garantir para o investidor que aquele token realmente existe, dando maior segurança à operação. 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Aumenta o número de profissionais brasileiros emitindo nota fiscal para o exterior

Minds Digital evita mais de R$ 40 milhões em fraudes bancárias

PositivoSEG surge para atender B2B em automação e segurança eletrônica

Acompanhe tudo sobre:Inovação

Mais de Bússola

Quem é a empresária que já cresce mais de 100% ao ano promovendo networking entre C-Levels?

Bia Félix: por que a geração Z está obcecada com o passado?

Em ano de eleição, como a população pode contribuir para evitar os eventos climáticos extremos?

Gestão Sustentável: como fazer um bom relatório ESG

Mais na Exame