Acompanhe:

Nos próximos três dias, na cidade do Rio de Janeiro, profissionais renomados do setor offshore de vários países, participarão da Offshore Technology Conference (OTC) Brasil 2023, um dos principais eventos sobre tecnologia offshore do mundo e o maior do país, que ganha ainda mais valor em um momento de transição do setor, no qual a inovação será essencial. 

Com o tema "Tecnologias para o Offshore do Brasil Contribuindo para as Necessidades Energéticas Mundiais", o encontro, organizado pelo Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), vai promover oportunidades para todas as áreas relacionadas à indústria de O&G offshore e obter a contribuição de representantes da sociedade.

Para o presidente do IBP, Roberto Ardenghy, o Brasil é um país que detém “um conhecimento gigantesco” na área de petróleo e gás, especialmente na exploração em águas profundas, onde tem liderança mundial. “Durante a OTC Brasil, nós vamos trazer vários exemplos e modelos de tecnologias e processos que foram desenvolvidos nessa indústria e mostrando quão segura é essa atividade. Todos os dias o Brasil produz 3,5 milhões de barris de petróleo com enorme segurança e respeito ao meio ambiente”, ressalta o executivo.

Valor em participações importantes

Além da relevância de seus palestrantes, a OTC Brasil 2023 contará com a participação das principais players e operadoras de blocos offshore no país. A francesa TotalEnergies irá apresentar o seu portfólio multienergético e as tecnologias que está desenvolvendo no Brasil e no mundo direcionadas para novas energias e redução de emissões, destacando sua ambição de alcançar, junto com a sociedade, a neutralidade de carbono até 2050 em seus negócios globais. 

“Participar da OTC Brasil é uma excelente oportunidade de discutir, caminhos para uma transição energética sustentável, evidenciando para o mercado o quanto estamos focados em desenvolver tecnologias que viabilizem o aumento da produção e a redução de custos e emissão”, destaca Charles Fernandes, Diretor Geral da TotalEnergies no Brasil. 

“Anualmente, dedicamos, no mundo todo, cerca de US$ 1 bilhão em Pesquisa & Desenvolvimento e inovação. Só no Brasil, aplicamos mais de R$400 milhões em 80 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, sendo que quase 50% do total está direcionado para novas energias e redução de emissões”, acrescenta.

Para Carlos Mastrangelo, COO da Enauta, companhia independente brasileira do setor de exploração e produção de petróleo e gás, a conferência será de extrema relevância para discussões de alto nível em busca de ideias e soluções que ajudem no desenvolvimento do setor. "No atual cenário global e diante das perspectivas para o Brasil, o evento é uma excelente oportunidade para consolidação de parcerias e concretização de negócios, o que nos motiva a acreditar no potencial brasileiro para o setor e a oferecer cada vez mais oportunidades para as companhias que atuam neste mercado”, ele afirma.

a norte-americana ExxonMobil, primeira companhia de óleo e gás a se estabelecer no Brasil, levará um espaço imersivo da Mata Atlântica para seu estande. A ideia é transportar os visitantes, de forma lúdica, para o Parque Ecológico do Mico-Leão-Dourado, onde a companhia tem um projeto de conservação da espécie com a Associação Mico-Leão-Dourado e o Funbio. O estande contará, ainda, com a nova campanha global da petroleira na redução de emissões, vídeos e painéis do legado centenário da empresa no Brasil e jogos interativos valendo brindes.

Os painéis e seus principais temas

No primeiro dia do encontro, Roberto Ardenghy, presidente do IBP e Fernanda Scoponi, Senior Business Developer Manager - Offshore Wind da TotalEnergies, vão explicar o que precisa ser feito para desbloquear o potencial eólico offshore do Brasil. No mesmo dia, Sebastião Cesar Pereira, especialista em Inteligência de E&P da Eneva, e o geólogo da Petrobras, Igor Viegas, irão abordar casos de avaliação regional de sistemas petrolíferos, bem como técnicas que ajudam a realizar caracterizações de fluidos e rochas para apoiar o estágio de exploração.

A programação do congresso contará também com a participação do presidente da ExxonMobil Brasil, Alberto Ferrin, no painel “Executive Dialogues

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

ABPIP pede fim do imposto de exportação de petróleo

Inovações da indústria de alimentos e bebidas serão premiadas pela FiSA

O feedback vai te ajudar a crescer

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Segurança cibernética: biometria evitou prejuízo de quase R$ 29 bi, segundo Serasa
Bússola

Segurança cibernética: biometria evitou prejuízo de quase R$ 29 bi, segundo Serasa

Há 8 horas

Como investimento em ESG fez a TIM conseguir nota máxima em lista mundial de transparência ambiental
Bússola

Como investimento em ESG fez a TIM conseguir nota máxima em lista mundial de transparência ambiental

Há um dia

Análise do Alon: Encaixado na narrativa
Bússola

Análise do Alon: Encaixado na narrativa

Há um dia

Abilio Diniz: fundador do Grupo Pão de Açúcar foi um dos maiores empresários da história do país
Bússola

Abilio Diniz: fundador do Grupo Pão de Açúcar foi um dos maiores empresários da história do país

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais