Bancada feminina no Senado ganha visibilidade online com atuação na CPI

Marco Feliciano destaca-se nas redes ao explorar internação de Bolsonaro, de acordo com o ranking FSBinfluênciaCongresso

Convidada a integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid informalmente, a senadora Eliziane Gama (Cidadania) foi quem mais ganhou terreno nas redes sociais entre 13 e 19 de julho. A representante do Maranhão vem ascendendo de forma regular no ranking FSBinfluênciaCongresso desde o início dos trabalhos do colegiado, tendo ingressado na lista nas duas últimas semanas graças à relevância conquistada durante a tomada de depoimentos de investigados e testemunhas. No momento, ela ocupa o 11º lugar entre os 15 integrantes do Senado mais populares online.

O ranking, produzido pelo Instituto FSB Pesquisa, mede a popularidade dos parlamentares nas redes sociais.

Um de seus posts mais compartilhados dos últimos dias é uma fotografia tirada ao lado da colega de bancada feminina Simone Tebet (MDB-MS) na sala que recebe a CPI da Covid. A publicação obteve 23.600 curtidas e 3.900 comentários no Twitter e ajudou a alavancar a posição da senadora. Tebet, que também participa das audiências na comissão, é outra a se beneficiar da visibilidade da investigação. Ela avançou uma colocação e postou-se em 13º na lista.

O alto do ranking mantém-se inalterado, com Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) em primeiro, seguido de Humberto Costa (PT-PE), Marcos Rogério (DEM-RO) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), respectivamente em segundo, terceiro e quarto. Podemos e Cidadania são os partidos com mais integrantes com forte engajamento nas redes sociais. Cada legenda possui três nomes no levantamento. PT e Rede, por sua vez, possuem dois filiados entre os mais atuantes no Senado.

Câmara

A reprodução de fotos do presidente Jair Bolsonaro durante sua breve internação hospitalar agitou as redes sociais do deputado Marco Feliciano (Republicanos-SP) e o ajudou a avançar no ranking. Ele subiu sete posições e angariou o nono lugar na lista dos 20 mais influentes online, após publicar uma série de comentários sobre o tratamento para obstrução intestinal a que o chefe do Executivo se submeteu por quatro dias. Post em que o parlamentar afirma ter falado por telefone com Bolsonaro obteve mais de 1.200 curtidas e 1.800 compartilhamentos no Twitter.

Os percalços médicos do presidente, explorados politicamente por ele e seus filhos, destacaram-se em uma semana em que o Congresso iniciou o recesso parlamentar, afetando também a presença dos deputados nas redes sociais.

O último tema mais palpitante dos perfis de André Janones (Avante-MG), por exemplo, foi a polêmica aprovação do fundo eleitoral de quase 6 bilhões de reais. Desde a última sexta-feira, ele reduziu sua atuação online, o que o levou a cair 12 posições e segurar-se em 18º, quase fora do ranking.

O PSL, que possui a bancada campeã das redes sociais, ganhou mais um representante na lista desta semana, e chegou à marca de oito filiados entre os mais populares online. Eles continuam a disputar entre si o pódio, com destaque para Carlos Jordy (PSL-RJ), que conquistou espaço nas últimas semanas e alcançou o segundo lugar, após desbancar a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bia Kicis (PSL-DF). PT e PSC vêm em seguida na relação de partidos, com dois congressistas cada um no levantamento.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também