Bússola
Um conteúdo Bússola

Andorinha promove formação gratuita para pessoas periféricas

Em parceria com a Gastronomia Periférica, o Projeto Revoa prevê a formação de 340 profissionais da gastronomia

Para 14% dos consumidores, consciência ambiental e social é fator decisivo de compra (Andorinha/Divulgação)

Para 14% dos consumidores, consciência ambiental e social é fator decisivo de compra (Andorinha/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 7 de julho de 2023 às 20h00.

Última atualização em 11 de julho de 2023 às 16h59.

A demanda do consumidor por sustentabilidade e propósito, fortalecimento da reputação e impacto positivo em questões socioambientais são algumas das principais razões que fazem com que as companhias consolidem suas agendas de ESG no mercado. De acordo com pesquisa global "Elementos de Valor", da Bain & Company, para 14% dos consumidores, a consciência ambiental e social está entre as prioridades para realizar uma compra, enquanto 27% classificam o planeta como a terceira prioridade para a compra – atrás somente da qualidade do produto e dos benefícios para a saúde. 

Pensando nisso, cada vez mais marcas fazem da transformação social um pilar importante de sua estratégia, como é o caso da marca de azeites Andorinha que desde 2021 tem um produto especial com 100% do lucro de suas vendas revertido para negócios de impacto. Em 2023 a marca se uniu à Gastronomia Periférica, projeto que atua diretamente no combate às desigualdades por meio do acesso ao conhecimento e inserção no mercado de trabalho.

A união entre o negócio social e a marca por meio de um produto específico desenvolvido para a iniciativa, o Azeite Andorinha Extra Virgem Projeto Revoa, tem como resultado a formação de 340 alunos em profissionais da gastronomia. A ideia é capacitar e gerar oportunidades para pessoas das periferias de todo o Brasil, com aulas 100% gratuitas, híbridas e EAD, com foco no desenvolvimento técnico e de habilidades humanas replicáveis.

Segundo Loara Costa, diretora de Marketing e Trade Marketing de Sovena, o objetivo de Andorinha com essa ação é dar vida ao propósito da marca de transformar positivamente a relação das pessoas com a alimentação. “Com este projeto educativo, estamos ensinando aos futuros profissionais os benefícios de uma alimentação de verdade, incluindo todo o conhecimento em azeites que Andorinha possui”, explica. O projeto contará também com uma especialização inédita em azeites ministrada por um azeitólogo. 

Protagonismo e transformação social 

Com 11 anos de história, a Gastronomia Periférica surgiu em 2012 como uma oficina e foi transformado em escola em 2018. Já são mais de mil alunos formados no curso de gastronomia 100% gratuito equilibrando na formação conceitos técnicos e pessoais e provocando os alunos a serem protagonistas e agentes de transformação em sua vida e nos espaços que ocupam, sejam eles dentro da cozinha ou em outras frentes ligadas à gastronomia. 

Para Adélia Rodrigues, cofundadora do negócio e coordenadora pedagógica, ter o apoio de grandes marcas é fundamental e vai além do financeiro. "Cada parceiro que chega para somar com a GP sempre tem um papel maior do que o investimento financeiro, mas abre uma nova porta de saberes dentro do universo gastronômico, que vai ser apresentado e trilhado pelas nossas alunas. Através disso, elas podem ampliar seus horizontes profissionais e impactar não só sua própria vida, mas a da família toda”, diz. 

Além da escola focada na formação de cozinheiros e cozinheiras periféricos, a Gastronomia Periférica ainda tem um restaurante-escola no bairro da Vila Madalena, em São Paulo, aberto em parceria com outra marca, a Mãe Terra. O Da Quebrada tem menu vegano criado pela equipe de chefs e alunos do projeto e é focado em aproveitamento integral dos alimentos, comida sazonal, vegana e orgânica, consciência social e representatividade para as pessoas da periferia, especialmente as mulheres pretas. 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Mercado regulado de carbono pode alavancar agricultura regenerativa

Qual a relação entre o seu cachorro e ESG e o que você tem a ver com isso

Suvinil lança projeto para reciclar sobras de tintas e latas

Acompanhe tudo sobre:AlimentaçãoSustentabilidadeDesenvolvimento econômico

Mais de Bússola

Bússola Poder: não existe ministro da Fazenda fraco

Por que texto do Projeto de Lei que regulamenta a Inteligência Artificial precisa de ajustes? 

FII Priority Summit discute desenvolvimento sustentável do Brasil e da América Latina

Internet e redes sociais continuam a dominar como principais fontes de informação dos parlamentares

Mais na Exame