Tereza Cristina deverá prestar informações sobre pecuária no Pantanal

Senadores da comissão que acompanha enfrentamento às queimadas no Pantanal aprovaram requerimento nesta sexta-feira (30)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, precisará prestar informações sobre o avanço da pecuária no Pantanal à comissão especial do Senado que acompanha as medidas de enfrentamento aos incêndios no bioma. O grupo aprovou, nesta sexta-feira, 30, um requerimento apresentado pelo presidente do colegiado, senador Wellington Fagundes (PL-MT), no qual ele pede dados sobre a evolução do rebanho bovino entre 1991 e 2020 na região.

A comissão cobra informações relativas a cinco municípios matogrossenses que têm sofrido com as queimadas: Barão de Melgaço, Cáceres, Poconé, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio de Leverger. “Com os dados solicitados, pretende-se contribuir com providências para evitar novos focos de incêndios, a limpeza dos locais já atingidos, a proteção das populações diretamente atingidas, da economia, da fauna e da flora e a transparência das atividades coordenadas pela Operação Pantanal”, explica Fagundes, no requerimento.

Pedidos de informação a ministros de Estado, por parte da Câmara e do Senado, são ferramentas previstas na Constituição. A partir do momento em que receber o requerimento, Tereza Cristina terá até 30 dias para responder. Caso o pedido seja ignorado ou devolvido com informações falsas, a ministra pode ser processada por crime de responsabilidade. A comissão está em funcionamento desde 16 de setembro e acompanha, em reuniões remotas semanais, as ações de enfrentamento aos incêndios no Pantanal.

Tereza Cristina participou de audiência pública no colegiado em 9 de outubro. Na ocasião, ela disse que, se houvesse mais gado no Pantanal, os incêndios que devastam o bioma há meses poderiam ser menore “Talvez, se nós tivéssemos um pouco mais de gado no Pantanal, teria sido um desastre até menor do que o que nós tivemos neste ano”, afirmou. “O boi ajuda, ele é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim”, continuou. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.