Etanol continua vantajoso em comparação a gasolina em quatro estados

Na média, a paridade é de 70,23% entre os preços médios de etanol e gasolina, mais favorável ao combustível fóssil

Os preços médios do etanol na semana encerrada no sábado, 7, mostraram-se vantajosos ao consumidor em comparação com os da gasolina em quatro Estados brasileiros - São Paulo, Minas Gerais Mato Grosso e Goiás - todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento é da Agência Nacional do Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilado pelo AE-Taxas, e considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 66,68% do preço da gasolina, em Goiás a 66,98% e em Minas Gerais a 66,01%. Em São Paulo, a paridade ficou em 69,99%.

Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 70,23% entre os preços médios de etanol e gasolina, mais favorável ao combustível fóssil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.