MAIS VÍDEOS com Karina Souza

Bolsas em Alta; eleições nos EUA; vacina da Pfizer: o resumo do dia

Tudo o que você precisa saber hoje: confira vídeo com as principais notícias que mexeram com os mercados, o Brasil e o mundo nesta segunda, 09 de novembro

No episódio de hoje, falaremos sobre as Bolsas em alta, eleições nos EUA, construção na Lua e mais.

MERCADOS

Ibovespa sobe 2,6% e tem 5ª alta seguida, com vacina; dólar apaga perdas

A euforia tomou as mesas de negociação do mercado financeiro mundial nesta segunda-feira, 9, após o último resultado da potencial vacina da Pfizer contra o coronavírus e eleição de Joe Biden nos Estados Unidos. No mercado brasileiro, o Ibovespa subiu 2,57% para 103.515 pontos, fechando no maior patamar desde 6 de agosto. Na máxima do dia, avançou 4,18%, indo para 105.146 pontos. Essa foi a quinta alta consecutiva do índice, que acumula no período ganhos de mais de 10%.

Por que as aéreas subiram 20% e Enjoei e Magalu caíram no superdia da B3

As ações que mais sofreraram com a chegada do coronavírus são as que mais subiram nesta segunda-feira, 9, com esperanças de que a pandemia termine em breve. Isso porque a farmacêutica Pfizer apresentou nesta manhã resultados preliminares sobre a última fase de testes que sua potencial vacina contra o coronavírus. Segunda a companhia, a eficácia dos testes feitos com 43.538 voluntários foi de 90%. O pedido de aprovação emergencial da vacina deve ser solicitado à agência reguladora dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) ainda neste mês.

Para UBS, rali dos mercados não chegou ao fim

Apesar de Donald Trump ter deixado claro que a transição de governo não será tranquila nos Estados Unidos, o UBS acredita que essa questão não será um driver importante para os mercados nos próximos meses, uma vez que a margem de vitória do democrata Joe Biden reduz as dúvidas sobre o resultado final da eleição americana. Com isso, o banco suíço reforçou, em relatório publicado ontem à noite, sua postura otimista para ações, mesmo depois do rali recente das bolsas mundiais.

Com Biden e vacina, dólar cai de R$ 5,76 para R$ 5,22 em uma semana

O dólar apresenta forte desvalorização em meio ao otimismo com a potencial vacina da Pfizer contra o covid-19 e na esperança de que o resultado das eleições americanas tenha impacto positivo na economia global. Durante o pregão desta segunda-feira, 9, a moeda americana chegou a registrar queda de 3%, quando negociada na casa dos 5,22 reais. Se comparado à cotação da última terça, 2, quando fechou a 5,72 reais, a queda chegou a ser de 9,22%.

 

BRASIL

Para 59%, custo de vida aumentou durante a pandemia

Mais da metade dos brasileiros viu a renda ficar apertada desde o começo da pandemia de covid-19 no país, em março. Para 59%, o custo de vida aumentou neste período. Em grande parte puxada por itens da cesta básica, como o arroz e o feijão, que subiram mais de 20%.

Problemas na plataforma da Saúde: estados não atualizam dados da covid-19

O Brasil tem 162.638 óbitos e 5.675.766 casos confirmados de covid-19, segundo levantamento dos veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado nesta segunda-feira, 9. Desde a quinta-feira da semana passada, 5, o Ministério da Saúde está com problemas para atualização de dados. Por conta disso, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais não divulgaram balanço.

Leilão de imóveis da União traz ofertas de casas e apartamentos

A venda de imóveis pertencentes à União faz parte do programa de desestatização do Ministério da Economia. O modelo de leilões, com lances que podem ser feitos online, começou em outubro. Há imóveis residenciais por todo o país, desde apartamentos em Brasília até terrenos no interior de São Paulo.

 

MUNDO

Casos de covid disparam nos EUA e Europa — Brasil também se preocupa

A segunda onda do coronavírus se tornou uma das maiores preocupações nos Estados Unidos e na Europa neste fim de ano. Nesta segunda-feira, dia 9, o Banco Central da França disse que deve haver uma retração de 12% na atividade econômica este mês em relação ao outubro. No dia 30 de outubro, o país entrou novamente em lockdown, com o número de casos de coronavírius aumentando acima da média.

EUA batem recorde de 10 milhões de casos de covid-19

Os Estados Unidos chegaram a 10 milhões de casos de covid-19, equivalentes a cerca de um quinto do total mundial, segundo a universidade americana Johns Hopkins, e 230 mil óbitos. Em segundo lugar, vem a Índia, com 8,5 milhões de casos, e o Brasil (cerca de 5,6 milhões). O mundo bateu o recorde de 50 milhões de casos da covid.

Líder republicano no Senado não reconhece Biden como presidente eleito

O líder republicano no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, disse nesta segunda-feira que o presidente norte-americano, Donald Trump, está completamente em seu direito de examinar alegações de irregularidades na eleição presidencial de semana passada.

Em discurso, Biden pede uso de máscara e promete vacina gratuita

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta segunda-feira, 9, que uma possível vacina contra a covid-19 será gratuita e pediu aos americanos que usem máscara: “Eu imploro: usem máscara. Usar máscaras não é uma declaração política”, disse o presidente eleito dos EUA.

O #ExameAgora é seu resumo diário de notícias, apresentado por Victor Sena e Beatriz Correia.

Notícias sobre
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.