Gasto com apps ainda é maior no iPhone que no Android

Relatório da empresa de analytics Apps Flyer mostra que os usuários de iOS gastam o dobro do que os de Android com aplicativos. Veja mais dados

São Paulo – Um estudo mostra que usuários de iOS (sistema da Apple em seus iPhones e iPads) ainda gastam mais com aplicativos do que usuários do sistema Android. Isso acontece em todos os continentes pesquisados pela Apps Flyer, uma empresa que estuda apps.

O gasto médio de usuários de iOS é mais alto do que de usuários do Android. Entre aqueles usuários que fazem compras dentro de aplicações ou que pagam por apps, a média de gasto em usuários de iOS é de 12,77 dólares. Já entre os usuários de Android, esse número é menos do que a metade, com 6,19 dólares por ano.

De acordo com a pesquisa, os usuários que mais gastam são os asiáticos e norte-americanos. “Europa e América Latina trilham muito atrás”, escreve a Apps Flyer em seu estudo, que se chama “O Estado de Gastos por Aplicativos”.

Entre usuários que fazem compras, o gasto médio na América Latina é de 4,61 dólares. O número é próximo aos 5,61 dólares gastos em média pelos usuários europeus. Os dois valores, no entanto, ficam bastante abaixo do que é gasto na Ásia (10,65 dólares em média) e América do Norte (8,68 dólares em média).

Em uma análise de proporção, a América Latina também é a região com menos usuários que aceitam pagar. Apenas 2,4% dos usuários de dispositivos móveis nesse continente gastam dinheiro com apps. Ásia, América do Norte e Europa têm, respectivamente, 5,9%, 5,8% e 5% de usuários que gastam.

O relatório traz também sugestões para desenvolvedores monetizarem bem seus aplicativos. Uma das sugestões é investir no mercado asiático, que concentra bons pagadores.

Outra sugestão é de investimento na América Latina. Mesmo com poucos usuários pagando, a empresa afirma que o continente tem potencial de crescimento interessante.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.