Tecnologia
Acompanhe:

JBL PlayUP

A caixa de som portátil JBL PlayUP traz uma vantagem pouco convencional nessa categoria de produto: pareamento por NFC (comunicação por campo próximo, em tradução livre). Um smartphone com essa tecnologia pode se conectar à caixa de som apenas chegando perto dela. O NFC, na verdade, não é o que transmite as músicas, mas sim o que ativa a […]

D
Da Redação

6 de novembro de 2013, 18h46

logo-infolab

A caixa de som portátil JBL PlayUP traz uma vantagem pouco convencional nessa categoria de produto: pareamento por NFC (comunicação por campo próximo, em tradução livre). Um smartphone com essa tecnologia pode se conectar à caixa de som apenas chegando perto dela.

O NFC, na verdade, não é o que transmite as músicas, mas sim o que ativa a conexão Bluetooth automaticamente, por meio da qual o conteúdo enviado de um dispositivo para o outro.

Entretanto, essa função é limitada apenas aos smartphones e tablets que rodam Windows Phone 8 e que têm a conexão NFC. Isso justica o lançamento do produto em parceria com a Nokia, que produz apenas aparelhos com o sistema móvel da Microsoft. Essa caixa de som não possui suportes físicos para aparelhos Android ou Apple, mas é possível transmitir músicas normalmente.

Conectar um aparelho via Bluetooth é bem simples, a PlayUP conecta-se automaticamente a dispositivos anteriormente emparelhados, já para novas conexões basta segurar o botão Bluetooth por 3 segundos para que a caixa fique visível e pronta para o processo.

O emparelhamento é ainda mais fácil com dispositivos que possuem tecnologia NFC, basta encostar o dispositivo na área demarcada com NFC na caixa. Ao conectar-se a um dispositivo Bluetooth, a caixa de som emite um “beep”.

Além de músicas, também é possível reproduzir rádios e chamadas do celular via Bluetooth.

Outro destaque da PlayUP é que ele tem uma boa autonomia de bateria. Nos testes do INFOlab, ele aguentou 7 horas de reprodução contínua com conexão Bluetooth e 10 horas via cabo p2, tudo isso no volume máximo do aparelho.

O indicador de bateria está localizado próximo aos botões de volume, uma pequena lâmpada LED com formato em pilha sinaliza a situação da bateria ao pressionarmos o botão ligar: verde indica que a bateria está completamente carregada; amarelo mostra que há espaço para carga na bateria; e vermelho indica que a carga da bateria está no final.

Uma característica interessante é que o volume do sistema é unificado, ou seja, podemos controlar o volume da caixa de som pelo celular pareado e vice-versa.

O produto vem com alguns acessórios, como cabo p2, micro USB, carregador e capa protetora de neoprene.

No geral, a qualidade de áudio é boa, tem bons graves, suportando frequências de até 85 Hz. Contudo, a qualidade do som cai quando em volume máximo. Apesar da pouca potência (3 W e 89 dB), o aparelho chega a um volume alto graças a sua boa contrução acústica. 

Entre os pontos negativos do produto está o seu peso de 777 g, tornando o gadget um tanto pesado demais para ser portátil.

Apesar de seu tamanho, a PlayUP da JBL tem potência sonora capaz de animar pequenas reuniões de amigos ou um churrasco em família, tanto em ambientes internos quanto externos. Seu design cilíndrico oferece uma sensação de som agradável a 360 graus.

 

Ficha técnica

Potência: 3 W
Resposta em frequência: 85 - 22 000
Conexões: P2, Bluetooth e NFC
Peso: 777 g
Duração de bateria: 7h (modo Bluetooth) e 10h03min (modo P2)

Avaliação técnica

Prós Design, NFC e boa autonomia de bateria
Contras Muito pesado para um dispositivo portátil
Conclusão Boa caixa de som, indicada para reuniões de amigos
Áudio 8,0
Usabilidade 8,5
Design 7,8
Conexões 8,2
Média 8.1
Preço R$ 499