Tecnologia

“Instagram não é mais um app para compartilhar fotos”, diz chefe da rede

Head do Instagram diz que nos próximos meses usuários vão ver mudanças em quatro eixos: criadores de conteúdo, vídeos, compras e a troca de mensagens

 (Lorenzo Di Cola/NurPhoto/Getty Images)

(Lorenzo Di Cola/NurPhoto/Getty Images)

GG

Gilson Garrett Jr

Publicado em 4 de julho de 2021 às 16h24.

Última atualização em 8 de julho de 2021 às 19h57.

Você já deve ter percebido que o Instagram não é um aplicativo apenas para compartilhar fotos. Há a seção de stories e reels que trazem um outro tipo de dinamismo para a plataforma. Na visão do head do Instagram, Adam Mosseri, a rede não é mais um app para o compartilhamento de fotos.

Em um vídeo publicado em sua conta pessoal no dia 30 de junho, ele apresentou as novas apostas da plataforma e que devem ser remodeladas ou lançadas em breve. Os quatro campos envolvem os criadores de conteúdo, vídeos, compras e a troca de mensagens.

“Nós não somos mais um app de compartilhamento de fotos. Em uma pesquisa, a primeira coisa que as pessoas dizem sobre como usam o Instagram, elas falam que é para entretenimento. As pessoas nos procuram para isso. Na última semana, eu compartilhei internamento nossos esforços em tentar nos guiar neste caminho, do entretenimento e do vídeo. Precisamos ser sérios, nós temos uma grande competição neste momento”, disse Mosseri.

O chefe do Instagram citou especificamente um grande concorrente, o TikTok. “O TikTok é enorme, o Youtube é ainda maior e também está dando passos altos. As pessoas estão olhando o Instagram buscando entretenimento e temos uma grande competição, e nós precisamos abraçar isso. O que quer dizer que teremos mudanças”, afirmou.

Ele ainda disse que nos próximos meses, os usuários vão perceber mais espaço para recomendações, com perfis ou conteúdos no feed que as pessoas ainda não seguem. Além disso, a plataforma quer aumentar sua força com conteúdos em vídeo focado em produção para celular.

De acordo com a plataforma de dados Statista, o TikTok tem 732 milhões de usuários ativos em todo o mundo. O Instagram está na frente, com 1,2 bilhão. Mas o crescimento do rede social criada na China, é estrondoso. É o app mais baixado do mundo. Recentemente, lançou a versão de três minutos de vídeos.

Acompanhe tudo sobre:AppsApps AndroidApps para iPhoneEXAME-no-InstagramInstagramRedes sociaisTikTok

Mais de Tecnologia

Dez anos de Spotify no Brasil: o app que extinguiu a pirataria e virou sinônimo de música

O que esperar do balanço da Nvidia, a mais nova queridinha de Wall Street

Quatro operadoras da China se unem para oferecer roaming 5G entre redes

Colher elétrica promete 'temperar' alimento sem utilizar mais sal

Mais na Exame